Perceba sua natureza transitória...

Desperte teu Sol Interno...

...e Siga a natureza silenciosa de teu coração.


MMSorge

Tradutor Universal

Para ouvir a Rádio clique no Player

quarta-feira, 27 de março de 2013

O NOVO TEMPO – O DIA CÓSMICO SEGUINTE


O NOVO TEMPO – O DIA CÓSMICO SEGUINTE
Ana Gardenia


Um sentimento de urgência está movendo o mundo. Findo o grande ciclo da transformação da matéria em 21 de dezembro de 2012 do sincronário maya, o que agora virá? As pistas estão no céu refletindo luzes na Terra. O astrólogo Paulo Gregory que atua entre o Brasil e a Itália estudou o mapa do céu para o tão propagado, esperado e temido dia. Evidente que os trânsitos planetários não se referem a um único período entre o nascer e o por do sol da data em questão, mas nos mostra o ponto de inflexão que se apresenta à humanidade, nesse momento em que o velocímetro recomeça do 13.0.0.0.0.

Paulo Gregory aponta uma mudança na estrutura da matéria em todo o planeta “Os planetas que estão no céu mantém a mesma posição por até 12, 14 anos, esse é o período crítico da transição de uma Era pra outra. Não acontece instantaneamente, há um rito de passagem;

Plutão por exemplo leva 248 anos para dar uma volta ao redor do sol, fica mais ou menos 13 anos em cada signo, entrou em janeiro de 2008 em Capricórnio que tem a ver com a estrutura material do planeta. Os cristais que ficaram adormecidos desde a época da Atlântida vão ser reativados, as cordilheiras, as montanhas, pedras.  Tudo deve sofrer alteração, em nível humano todos os ossos e informações contidas neles, estão sendo liberadas nesse período. Estamos chegando num momento muito importante. Plutão em Capricórnio tem a ver com a responsabilidade na utilização da matéria, na reestruturação, organização e criação baseada na consciência espiritual do que se necessita para a realidade física material. São reestruturações genéticas e transformações nas malhas planetárias (malha eletromagnética) que envolvem o planeta.

Haverá reestruturação na política, autoridade, lideranças mundiais, é um período para a humanidade assumir a responsabilidade para autogovernar-se, todas essas questões de quem manda em quem e com quem está o poder, estão sendo analisadas, a questão importante é nós assumirmos a responsabilidade pela criação da matéria, isso envolve o tempo e o espaço. Chegamos num momento em que haverá oportunidade para viajar no tempo, no espaço e materializar coisas. Segundo Paulo, o campo eletromagnético está ambientado e deverá passar por uma reformulação que começou a ser feita a partir da convergência Harmônica em 1987 e ativada em 1992.

Com a ativação do novo campo eletromagnético que será pulsionado pelo núcleo central da galáxia, a Terra estará literalmente fornecendo o campo propício para a nova expressão, a malha também chamada rede cristalina ou de cristal, é uma forma geométrica que reproduz padrões de formatação da matéria.  “Com o reino mineral sendo ativado numa transformação atômica, abre-se a oportunidade para todos que buscam evolução. Todos serão afetados mesmo a nível inconsciente”.  Em síntese, a humanidade atingiu a massa crítica, entre 15 a 20% de habitantes já atingiram grau de consciência para despertar dons de cura, telepatia, clariaudiência, experiências interdimensionais e devem influenciar os ainda inconscientes do novo poder, do recém-desperto potencial. Essa quantidade de seres despertos vão ancorar essa nova energia que pulsa radialmente alcançando todas as esferas da criação, das estrelas aos átomos.

Plutão em Capricórnio e Saturno em Escorpião indicam regeneração atômica e molecular, dos anos 70 pra cá crianças já nascem com códigos genéticos diferenciados, mas nesse período pós dia 21/12 abre-se a oportunidade para todos.

Outra leitura nas entrelinhas das estrelas explica que finalmente começa a ruptura em escala global com o medo.

“Urano entrou em Áries em março de 2011 e fica até fevereiro 2019, desperta a coragem para lutar pela liberdade, chegou o momento de vencer as barreiras do medo, o vírus da autolimitação; Urano em Áries inclina à afirmação de valores e identidade espiritual. Urano traz esse impulso. Netuno entrou em Peixes (fevereiro 2012) concluindo a era de Peixes, no final de ciclo o planeta Netuno está no seu próprio signo, o que tem a ver com a visão coletiva do ideal espiritual para a humanidade. Dissolução de todas as ilusões e crenças limitadoras. Mente clara, meditação, interiorização facilitando os insights. Também traz compaixão, tolerância, amor ao próximo e uma clareza para definir a diferença entre religião e espiritualidade. E ainda, um maior sentido de gratidão”, explicou o astrólogo.

Ainda na simetria astrológica, o novo ciclo avança para um novo governo mundial baseado na unidade, no sentido de unificação, todos juntos buscando soluções.

“Saturno em Escorpião traz a maturidade pela utilização do nosso poder, a questão aqui é quem controla nosso poder, com quem está nossa força, na mão de quem a gente coloca a nossa força? Quem manda a gente fazer o quê? Quem controla nossa vida?”

Segundo Paulo, o medo de assumir posturas e ideias transformadoras e não convencionais trouxe comodismo e uma sensação de “segurança”, mas no interior dos seres a essência espiritual apontava outros caminhos, trazendo à superfície uma sensação de inquietude. “Essa unificação planetária significa cada um governar a si mesmo e contar com pessoas que possam administrar coisas, mas é a gente é que vai dar o poder para isso”.

Paulo Gregory atribui a março de 2013 o início oficial da Nova era. “Estamos concluindo o processo das questões cármicas, conquistando o equilíbrio emocional que é muito importante para superar o medo”. Quando a humanidade começar a despertar o Amor que pulsa lá do centro da galáxia e ancorar essa nova frequência, vamos despertar e desativar o vírus do medo que não terá mais do que se alimentar, explica Paulo Gregory.

“Sem estímulos de situações que o despertam, o medo tende a desaparecer. Antes de Plutão entrar em Capricórnio, por volta de 2008, ele esteve 2 ou 3 anos em Sagitário, despertando o encontro com a divindade dentro de nós; nos levando a apreender a criar pela mente, usando-a como instrumento de manifestação desse espírito, dessa consciência interna; Plutão também pôs abaixo todas essas formas de religião que não estavam baseadas na tolerância, no ideal do espírito em si, apegadas às crenças. Plutão em sagitário derrubou tudo que eram inverdades. Agora com Plutão entrando em Capricórnio temos uma base sólida espiritual para começar a criar um novo planeta. Os efeitos do dia 21/12 serão gradativamente implantados, muita gente não vai sentir de imediato, será uma herança para os nossos netos” afirma o astrólogo.

“Nesse momento temos ainda que romper com a forma como lidamos com o espaço-tempo, temos calendário ainda, essa é outra coisa que será esclarecida porque vamos operar no agora, por isso essa viagem no tempo, que Plutão em Capricórnio vai nos proporcionar, vai abrir a consciência para a viagem no tempo, passado, futuro e lateralmente, alguns falam até em dobras dimensionais. Com Netuno em Peixes estamos também resgatando um carma da última queda nos últimos 12 mil anos quando Atlântida se foi, ocasião em que estávamos nesse mesmo alinhamento com o centro da galáxia. Júpiter fica um ano em cada signo, entrou em junho de 2012 é a expansão da divulgação da verdade, fica até junho 2013 e tem relação com viagens interdimensionais e irmandade entre os povos”.

No contexto de nossas vidas o que acontece de agora em diante?

“Abertura para o contato com o reino invisível, algumas pessoas devem entrar em confusão porque não saberão entender o que estão vendo. Começarão a ver realidades para as quais não foram treinadas. Confusão, incertezas e mudanças internas, em nível físico observamos os recursos e fontes de energia, que até agora vieram do petróleo ou carvão que tem a ver com a era de Peixes, vão migrar para energia solar e eólica, principalmente eólica que tem a ver com Aquário que é signo de ar”.

Paulo Gregory explica que as transformações geológicas refletem essa mudança, o cristal central começou a girar mais rápido, promovendo uma percepção de tempo alterado; o núcleo em relação à crosta gera calor e aquecimento global que não tem nada a ver com efeito estufa e sim com o núcleo central, o que está intrínseco começa a esquentar, expande e ai vem vulcões, terremotos. É a Terra se ajustando a sua própria frequência vibracional. Isso é o que vem causando transformações planetárias.

Na Economia, assunto ligado a Saturno em Escorpião, o céu define a Terra sob nova administração de valores e dinheiro, baseada numa transição para uma forma mais visível, “até agora as pessoas não sabem quanto foi gasto para confeccionar um produto, quanto o empresário ganha, não está claro, não está revelado isso. Quando todos souberem quanto cada um ganha, qual foi o custo de produção, começa a transformar a relação monetária que poderá passar ao sistema de trocas”. “Esse processo começou em 2000/ 2001, os astros apontam uma mudança nas relações econômicas, Saturno estava em Touro (que rege o sistema monetário), no início serão apenas abalos, posteriormente mudanças. Mudanças no que você dá valor, o que é importante. Uma quantidade “x” de barras de ouro ou a mesma quantidade em macieiras? Essa questão é o que está mudando, agora chega a culminação onde será revista a forma da administração do dinheiro e a relocação de recursos. Troca equilibrada desses valores é o que vai acontecer”.

Tecnologia. Essa nova era traz a continuidade das paralelas que se encontram no infinito, a união entre a ciência e a espiritualidade; a aplicação da tecnologia com amor, segundo a astrologia, “teremos um salto quântico incrível que começou com as teorias de Einstein e a física quântica, mas existe muito mais tecnologia que não está sendo utilizada porque não chegamos a um grau de amor e consciência para utilizá-las, quando nós atingirmos esse grau estará tudo ali pronto”.

Destaque também Netuno em Peixes e o perdão por todas as vias que escolhemos, e a unificação mundial, o despertar da consciência espiritual individual. E ainda Plutão em Capricórnio em quadratura com Urano em Áries, falam da resolução dos conflitos. Ainda teremos guerras e resolução violenta de conflitos, mas o que buscamos agora é uma forma harmônica de solução para os conflitos, apesar de termos que romper bloqueios, limites e desafios para conquistar essa forma pacífica de convivência e solução entre diferenças.

***

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo ao Sol Interno, agradecemos seu comentário.
Gostou deste Blog? Ajude-nos a divulga-lo.

Obrigado

Namastê
FIAT LUX
PAX

MMSorge

Se o amante se lança na chama da vela e não se queima,
ou a vela não é vela ou o homem não é Homem,
Assim o homem que não é enamorado de Deus
e que não faz esforços para o alcançar não é Homem.
Deus é aquele que queima o homem e o aniquila
e nenhuma razão o pode compreender.

Mawlana Rumi - ' Fihi ma fihi'

Por Amor

Por Amor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

... És precioso aos meus olhos. Troco reinos inteiros por ti...

"Nem Cristão, Judeu, ou Muçulmano,

nem Hindu, nem Budista, Sufi ou Zen.

Nem uma Religião ou Sistema cultural.

Eu não sou do Oriente nem do Ocidente,

nem dos oceanos nem da terra,

nem material ou etéreo,

nem composto de elementos.

Eu não existo..."


Mawlana Jalaluddin Rumi