Perceba sua natureza transitória...

Desperte teu Sol Interno...

...e Siga a natureza silenciosa de teu coração.


MMSorge

Tradutor Universal

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Ser Tântrico


Ser tântrico é um estado de espírito.

Ser tântrico é estar em comunhão com a sua natureza sem se ferir nem querer produzir ações não próprias à sua compreensão. Ser tântrico é ser genuíno para consigo mesmo. É estar atento à sua sensibilidade para poder expressar a sua sensualidade.

A genuinidade tem sempre que ir ao encontro do seu próprio ser e jamais aos dos demais. A sutileza que difere entre dois seres tântricos e não tântricos está apenas na sua própria compreensão.

Ser tântrico não é ser liberado para fazer tudo como acha que deve ser. Ser tântrico não é poder fazer tudo que se tem vontade, mas poder compreender tudo que se sente, e a reagir de forma a não malograr-se a si mesmo nem aos outros, é saber dar a resposta ideal para cada sensibilidade sentida de forma a não nos agredirmos. Ser tântricos é estar atento à vida da relação com o outro, de forma a perceber os estímulos que recebe e envia.

É saber quando as nossas auras se cruzam com as dos demais, é perceber a energia que a natureza nos manda diariamente e com ela poder compor a nossa vida independente de qualquer coisa. É poder fazer aquilo que nós mesmos nos permitimos em situações diversas. É ainda isolar-se das compreensões alheias para obter as sua próprias sem que para isso o outro interfira. Ser tântrico é um estado de alma. É uma idéia absoluta e sem limites.

É um estágio a cada momento nas nossas vidas que deve ser superado. É a convivência do estar e deixar ficar à vontade. É o não cobrar respostas semelhantes dos nossos companheiros, amigos ou seja lá quem for. Ser tântrico não é marcado pelo sorriso que se tem que dar pela manhã, não é aceitar o convite do outro para sair quando não se quer. Ser tântrico não é está superlotado de sensibilidade com ausência total de compreensão. Ser tântrico é um estado em que a compreensão fundamenta muito bem a sensibilidade pela vida, pelos prazeres e para a relação com o seu semelhante independente de qualquer atributo que lhe dermos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo ao Sol Interno, agradecemos seu comentário.
Gostou deste Blog? Ajude-nos a divulga-lo.

Obrigado

Namastê
FIAT LUX
PAX

MMSorge

Se o amante se lança na chama da vela e não se queima,
ou a vela não é vela ou o homem não é Homem,
Assim o homem que não é enamorado de Deus
e que não faz esforços para o alcançar não é Homem.
Deus é aquele que queima o homem e o aniquila
e nenhuma razão o pode compreender.

Mawlana Rumi - ' Fihi ma fihi'

Por Amor

Por Amor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

... És precioso aos meus olhos. Troco reinos inteiros por ti...

"Nem Cristão, Judeu, ou Muçulmano,

nem Hindu, nem Budista, Sufi ou Zen.

Nem uma Religião ou Sistema cultural.

Eu não sou do Oriente nem do Ocidente,

nem dos oceanos nem da terra,

nem material ou etéreo,

nem composto de elementos.

Eu não existo..."


Mawlana Jalaluddin Rumi