Perceba sua natureza transitória...

Desperte teu Sol Interno...

...e Siga a natureza silenciosa de teu coração.


MMSorge

Tradutor Universal

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Minotauro, Senhor do Labirinto e do Cárcere
MMSorge



video
  
Aquele que é capaz de entrar no labirinto do Minotauro, que é o labirinto de nossa própria mente, das escolas, seitas e religiões, sociedades e grupos sociais e sair sem se prender ou amarrar-se, este se tornou um mestre da Turba, a confusão do mundo dos homens, este, entra nos labirintos complicados das mentes dos homens e como a sentinela em tempos de guerra e em atenção plena e total não se amarram a nada, não se fascinam com nada, não se iludem com nada, estudam para compreenderem e depois partem rumo ao seu Real e verdadeiro SER, O Alfa e o Omega, O Principio e O Fim de suas existências, porém se em algum momento nos identificarmos, pronto, ficamos amarrados! E isso gerará sofrimento até rompermos o grau de ignorância ao qual estamos presos, seja a locais, a algo ou a alguém.
 
Levantar os véus dos mistérios requer força e coragem, irmãos! Além de ter que suportar a luz da verdade que nos traz profundos sofrimentos e padecimentos em uma primeira etapa, mas após isso enxergaremos com o olho que tudo vê, com o olho de Odin, o olho de Hórus, ou de Dagma, ou de Shiva, ou do Espírito Santo. Enxergaremos mais além do corpo, dos sentimentos e da mente, estaremos mais além dos olhos dos humanos mortais e o que era no inicio sofrimento, ignorância e escuridão se transformam em êxtase, catarse e iluminação.
 
A verdadeira liberdade e libertação estão dentro de cada um de nós, somente dentro de nós é que encontraremos as chaves para nosso despertar e as chaves para o nosso despertar está na eliminação de todo egoísmo e todo desejo humano. Somente eliminando o ego despertaremos do profundo sono e ignorância ao qual vivemos. Porém quantos querem eliminar o ego? Quantos buscam a morte mística e a renúncia consciente dos desejos mundanos? Muito poucos, em verdade e verdade muito poucos, a grande maioria vive uma vida de sensações e prazeres passageiros e ilusórios e quando a vida acaba submergem sem nem perceberem para as camadas profundas das epidermes da terra (os infernos de Dante Alighieri).

Devemos construir nossa liberdade aqui e agora! E não esperarmos que alguém a construa por nós, a certeza é que toda construção consciente nos levará inevitavelmente para a Obra acabada, e essa obra acabada, obra prima, obra Mestra é o seu despertar e seu acordar definitivo do mundo passageiro e ilusório de Maya e Mara (que são teus desejos e egoísmos).
 
Poucos entenderam ao passar dos milênios o verdadeiro significado do Labirinto e do Minotauro, ele sempre foi a representação de nossas mentes encarceradas nos labirintos de nossas teorias, conceitos e probitismos e quem o vencer, será liberto, quem vencer seu próprio Minotauro interno se tornou um iluminado, aquele que encontrou sua bela Helena, sua alma adormecida na profundidade obscura dos cárceres e dos labirintos mentais que nós mesmos criamos.
 
Quanto mais desenvolvida for a mente dos homens no mundo das ilusões, dos desejos e dos egoísmos mais obscura, refinada, cruel e diabólica ela se tornará, mais departamentos e sessões especializadas nascerão, maior será o labirinto e mais difícil será o encontro divino de Manas, nosso Cavaleiro Guerreiro, com Bhuddi, nossa Alma divina, pura, santa, perfeita e iluminada.
 
Somente uma mente de criança, com a experiência de um Ancião sábio e atento, aliadas ao discernimento, a intuição e ao coração nos levará de volta aos paraísos do Ser, nos levará de volta aos paraísos secretos de nosso real e verdadeiro SER íntimo e interno.
 
Minotauro, o Guardião do umbral de nossas mentes, dogmáticas, sistemáticas e ignorantes.
 
A Batalha irmãos,
Construam, no silêncio de vossas mentes, a libertação de vossas almas.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo ao Sol Interno, agradecemos seu comentário.
Gostou deste Blog? Ajude-nos a divulga-lo.

Obrigado

Namastê
FIAT LUX
PAX

MMSorge

Se o amante se lança na chama da vela e não se queima,
ou a vela não é vela ou o homem não é Homem,
Assim o homem que não é enamorado de Deus
e que não faz esforços para o alcançar não é Homem.
Deus é aquele que queima o homem e o aniquila
e nenhuma razão o pode compreender.

Mawlana Rumi - ' Fihi ma fihi'

Por Amor

Por Amor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

... És precioso aos meus olhos. Troco reinos inteiros por ti...

"Nem Cristão, Judeu, ou Muçulmano,

nem Hindu, nem Budista, Sufi ou Zen.

Nem uma Religião ou Sistema cultural.

Eu não sou do Oriente nem do Ocidente,

nem dos oceanos nem da terra,

nem material ou etéreo,

nem composto de elementos.

Eu não existo..."


Mawlana Jalaluddin Rumi