Perceba sua natureza transitória...

Desperte teu Sol Interno...

...e Siga a natureza silenciosa de teu coração.


MMSorge

Tradutor Universal

terça-feira, 31 de maio de 2016

Mantras Devocionais - SangaOm - (Kirtan 28/05/2016)

Olha só!!! Nasceu O SangaOm!!! 
VAMOS AJUDAR A DIVULGAR!!!
SangaOm é um grupo musical que nasce para unir as pessoas na busca e no encontro com o divino que pulsa dentro de cada coração através de mantras e canções devocionais!
A união na diversidade de expressões contidas em diferentes culturas e religiões faz com que SangaOm imprima uma característica única em suas canções, eles cantam o Amor unindo todas as culturas e religiões.

“...é um chamado para o Amor... Somos uma única Sanga Planetária, cantamos a todos os povos e a todas as nações convidando-os também a cantarem em uma unica voz a Paz, a União e o Amor incondicional e universal, este é o momento de retomada de consciência...” Dizem os integrantes da banda compostas pelos gêmeos Marcio Sorge e Marcelo Sorge, Celso Freitas e Valdemar Guimarães.

O vídeo abaixo é do grupo SangaOm se apresentando na Chakra do Coração.


***
Vamos Cantar Juntos?

Contato para Kirtans: 
11 - 9 8417 8382 
Falar com: Ameeta Om

***

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo ao Sol Interno, agradecemos seu comentário.
Gostou deste Blog? Ajude-nos a divulga-lo.

Obrigado

Namastê
FIAT LUX
PAX

MMSorge

Se o amante se lança na chama da vela e não se queima,
ou a vela não é vela ou o homem não é Homem,
Assim o homem que não é enamorado de Deus
e que não faz esforços para o alcançar não é Homem.
Deus é aquele que queima o homem e o aniquila
e nenhuma razão o pode compreender.

Mawlana Rumi - ' Fihi ma fihi'

Por Amor

Por Amor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

... És precioso aos meus olhos. Troco reinos inteiros por ti...

"Nem Cristão, Judeu, ou Muçulmano,

nem Hindu, nem Budista, Sufi ou Zen.

Nem uma Religião ou Sistema cultural.

Eu não sou do Oriente nem do Ocidente,

nem dos oceanos nem da terra,

nem material ou etéreo,

nem composto de elementos.

Eu não existo..."


Mawlana Jalaluddin Rumi