Perceba sua natureza transitória...

Desperte teu Sol Interno...

...e Siga a natureza silenciosa de teu coração.


MMSorge

Tradutor Universal

sábado, 24 de dezembro de 2011

Supra e Infra-Sexualidade


Supra e Infra-Sexualidade
Podemos estudar a Sexologia de dois ângulos diferentes. O 1º é o ponto de vista da ciência oficial, ensinado nas faculdades de medicina. O outro é o ponto de vista Gnóstico; é por este último que a iremos estudar.

Devemos relembrar que a palavra Gnose significa conhecimento, em nome da verdade, devemos afirmar que Sigmund Freud, com sua psicanálise, iniciou uma era de transformações extraordinárias no campo da sexologia, esta renovação foi continuada por vários de seus discípulos, entre os quais se destaca Jung.

Devemos compreender que o sexo em si é o centro de todas as atividades humanas, em volta dele giram todos os aspectos sociais da vida. Por exemplo, num baile, numa festa, tudo gira em volta do sexo, os homens vão ao baile porque lá existem muitas mulheres e vice-versa, isso ocorre em todos os lugares, tudo sempre girando em torno do sexo, de forma consciente ou inconsciente.

Hoje em dia o sexo voltou a ser estudado com propósitos transcendentais, o que era comum nas antigas civilizações serpentinas do Egito, Grécia, Índia, China, Astecas, Maias... nessas civilizações o sexo era algo sagrado, diferente do que ocorre hoje em dia.

Hoje vemos a mídia e a propaganda usando o sexo para vender qualquer coisa, o corpo se tornando algo barato e vil, a pornografia está em todo o lugar, e o sexo, que deveria ser tratado como algo sagrado, é desviando para a sensualidade materialista, isto tudo provoca a degeneração sexual que podemos ver nos dias atuais.

Existem 3 classes de sexo: o sexo normal, comum e corrente, o infra-sexo e o Supra-sexo.

Sexo Normal é aquele que leva a reprodução da espécie.


 A infra-sexualidade é diferente, existem duas classes de infra-sexuais:

  • Lilith - aqui estão os homossexuais, as lésbicas, os monjes e monjas que odeiam o sexo e o reprimem, os pederastas, os masoquistas e sádicos, o bestialismo, os masturbadores, e todas as pessoas que odeiam o sexo e o acham algo degenerado, achando que para alcançar a divindade devem praticar o celibatarismo.
  • Nahemah - aqui estão os abusadores do sexo, os pornográficos, aqueles que se entregam a luxúria sem freios, os adúlteros, os conquistadores nos estilos casanova, don juan ou diabo (este último tem seu exemplo clássico na figura de Rasputin).
Já o Sexo Normal serve para a reprodução da espécie, em relação com o deleite sexual em si mesmo, este é um direito legítimo do ser humano, não sendo um pecado, nem tabu, nem motivo de vergonha; estes que assim pensam estão equivocados, pois é um direito por natureza que todo ser humano tenha o desfrute sexual.

Já o Supra-sexo, a supra-sexualidade, inquestionavelmente, esta é para os gênios, para os homens transcedentais, para as mulheres inefáveis, etc. Supra-sexuais foram um Jesus de Nazaré, um Budha, um Hermes Trimegisto, um Maomé, um Lao-Tsé na China, um Quetzalcoatl para os mexicanos, um Pitágoras, etc.

Todos nós poderíamos entrar no reino da Supra-sexualidade, mas antes de tudo deve-se ter o Sexo Normal. Os infra-sexuais, as lésbicas, os homossexuais, os pederastas, os masturbadores, não estão preparados para entrar no reino da Supra-sexualidade.

Para estes é difícil a regeneração, eles devem primeiro voltar ao sexo normal, um vez isto ocorrido, pode-se ir em frente no caminho para o Supra-sexo.

Aqueles que abusam, tendo vários parceiros, ou realizando vários coitos consecutivos também são infra-sexuais.

Já o sexo normal ocorre segundo os interesses da natureza, onde nós somos uma máquina que capta forças cósmicas, a Terra é um organismo que se alimenta da energia dos seus seres, assim, os animais e os vegetais captam a energia, assim ocorre também conosco, assim servimos para a economia da natureza, sendo o prazer sexual um direito legítimo de todo o ser humano, dentro, bem compreendido, do matrimônio entre um homem e uma mulher.

Já a Supra-sexualidade tem efeitos extraordinários, como disse Nietzche em sua obra Assim falava Zaratustra: "Chegou a hora do Super-Homem. O homem é uma ponte colocada entre o animal e o Super-Homem, um perigoso passo no caminho, um perigoso olhar para trás. Tudo nele é perigoso. Chegou a hora do Super-Homem."Adolf Hitler interpretou essa teoria a seu jeito, achando ser possível criar uma raça superior de seres humanos eliminando os que ele achava inferiores, o resultado foi a 2º Guerra Mundial e o terrível Holocausto.

Concluiremos falando que a transmutação ocorre no casal, homem e mulher, quando não se perde as energias, ou seja, sem o derramamento do sêmen no homem, sem chegar no orgasmo, tanto no homem como na mulher.

Transmutação das Forças Cósmicas
A Transmutação das Forças Cósmicas é uma prática revolucionária, devemos saber que o planeta é um Grande Ser vivo, ele vive da energia que é transmutada por cada Ser vivo, que constituem suas células vitais, assim, devido a degeneração humana, a energia que os seres humanos mandam para a Terra tem se deteriorando, através desta prática, beneficiamos a mãe natureza e a humanidade, e transformamos nosso corpo num veículo de transmutação de Energia Cósmica.

Antes de começar esta prática, se deve fazer a Dança dos Derviches, para aquietar a mente, assim quando a realizarmos, a mente estará quieta e dará melhores resultados, se pode fazer a dança antes de outras práticas, como já vimos anteriormente.

Está prática tem como objetivo atrair as Forças Cósmicas, para que penetrem dentro de todo nosso organismo e para poder retornar essas forças à terra.

Ao entrar estas forças cósmicas por nosso organismo, é lógico que nosso organismo respira mais vida. Essas forças entram dentro de nós funcionando e permitem-nos adquirir muito mais força para seguir no Caminho Iniciático.

Ao passar por nosso organismo, transmitimos esta força à terra e a terra através de nós desprende outras forças, que vão formar parte da força cósmica. Tem coordenação de duas forças para melhor vitalidade do planeta Terra.

Nós somos transmutadores de energias, não somente a sexual, mas também a energia cósmica. Assim, nós começaremos a trabalhar devidamente, servindo como instrumento do Cosmos, à Terra e vice-versa.

A Prática

Colocando as palmas das mãos, esticando-as, formando uma cruz ou simplesmente pondo-as sobre os joelhos, em posição de receber, sentados numa cadeira (com os pés descalços em contato com a terra) ou encostados numa árvore, também com os pés em contato com a terra, realizaremos a prática, após realizarmos um círculo mágico e um relaxamento.

Duas posições - embaixo de uma árvore ou sentado Imaginaremos que a energia cósmica vai penetrando pela glândula pineal (no topo da cabeça), pelas palmas das mãos e vai fazendo todo o seu percurso pelo nosso organismo, até que transmuta pelas plantas dos pés até a terra.

Depois imaginaremos a energia que vem da Terra, subindo por nosso corpo, entrando pela planta dos pés e realizando o caminho contrário, em direção ao Cosmos, a energia é transmutada nas palmas da mão e pela glândula pineal, indo para o Cosmos.

Depois, podemos voltar a imaginar a energia cósmica, e assim por diante.

Nos converteremos, desta forma, em mediadores do Cosmos e da Terra e aí vai aquilo que se chama Amor, porque com esta prática estamos trabalhando não somente para nós, mas pelo próprio planeta e por toda Humanidade.

Ao converter-nos em intermediários entre o Cosmos e a Terra, estas energias, ao passar por nosso organismo, deixam grande força, incomparável com o que vai sentir a pessoa dentro de si mesma, porque por onde passa uma força fica algo construtivo e, de uma vez, é qualificada como uma pessoa de GRANDE AMOR, porque não somente trabalha para si, mas para todo o Planeta e para toda a Humanidade.


Samael Aun Weor - SAW


FIAT LUX
PAX


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo ao Sol Interno, agradecemos seu comentário.
Gostou deste Blog? Ajude-nos a divulga-lo.

Obrigado

Namastê
FIAT LUX
PAX

MMSorge

Se o amante se lança na chama da vela e não se queima,
ou a vela não é vela ou o homem não é Homem,
Assim o homem que não é enamorado de Deus
e que não faz esforços para o alcançar não é Homem.
Deus é aquele que queima o homem e o aniquila
e nenhuma razão o pode compreender.

Mawlana Rumi - ' Fihi ma fihi'

Por Amor

Por Amor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

... És precioso aos meus olhos. Troco reinos inteiros por ti...

"Nem Cristão, Judeu, ou Muçulmano,

nem Hindu, nem Budista, Sufi ou Zen.

Nem uma Religião ou Sistema cultural.

Eu não sou do Oriente nem do Ocidente,

nem dos oceanos nem da terra,

nem material ou etéreo,

nem composto de elementos.

Eu não existo..."


Mawlana Jalaluddin Rumi