Perceba sua natureza transitória...

Desperte teu Sol Interno...

...e Siga a natureza silenciosa de teu coração.


MMSorge

Tradutor Universal

Tritocosmos


TRITOCOSMOS - O PÔSTER


Obra literária complementar do poster (abaixo) que acompanha o CD musical GAEA de MMSORGE.

Queridos Irmãos,

Que a Paz de Cristo e a Sabedoria do Espírito Santo possam tocar-vos o entendimento e acender em vossas almas a luz da compreensão.

Muitos nos perguntam o significado do pôster que compõe a obra “GAEA” chamado “TRITOCOSMOS”, foi então, e a partir destas dúvidas que desenvolvemos este texto, buscando aproximar um pouco mais o Céu da Terra, trazendo a compreensão através das palavras e a explicação do seu significado.

O Pôster é uma síntese Visual de toda a criação e manifestação Divina em formas geométricas, um arquétipo da construção do Universus.

Entre as explicações de uma figura e outra abordaremos alguns pontos de grande importância que complementam e buscam expressar através da síntese a existência de cada figura e do universo que nos cerca, envolve e permeia, por dentro, no interior dos interiores e por fora, no exterior dos exteriores.

Todas as palavras aqui expressas serão somente uma idéia superficial do que realmente é a realidade vivida por experiência mística e direta de todo aquele que sinceramente busca compreender a si mesmo e compreendendo profundamente a si mesmo conhecerá a Deus e o Universo.

Enfim, buscaremos expressar toda a profundidade destas formas geométricas que manifestadas estão em nós e dentro de cada ser humano, na superficialidade das palavras externas.

Desejamos a todos uma boa leitura e que a luz do Espírito Santo e a Sabedoria do Cristo Cósmico possam tocar vossas almas, mentes e corações.

 

Paz Inverencial

FIAT LUX

X




TRITOCOSMOS

Protocosmos, Ayocosmos, Macrocosmos, Deuterocosmos, Mesocosmos, Microcosmos e Tritocosmos*, Sete grandes leis da manifestação e revelação divina, aqui chegamos ao micro do micro o TRITOCOSMOS.

Este é o nome que leva o Pôster da “Opera” Gaea. Encerrado nas profundidades do Microcosmos (homem) encontramos o Tritocosmos, aqui é onde tudo termina e onde tudo tem inicio novamente.

No Tritocosmos estão às chaves de toda a criação, no Tritocosmos se encontra a semente de todo o Universus, na profundidade misteriosa do Abismo encontramos as chaves do Universus revelado.

Ao alcançarmos o circulo de Fogo “NÃO PASSARÁS”, ao penetramos o circulo de fogo “NÃO PASSARAS”, deixamos de ser, para se tornar, “O NÃO SER”, ao passarmos os limites da morte encontramos o nada, nos tornamos o nada.

Nenhum sentimento, nenhum pensamento, (NADA!), somente a escuridão do abismo, onde nem a matéria caótica existe, o inconcebível, o insondável, a não existência, a antimatéria do caos inerte, sem calor, sem cor, sem som, nem tom, o Nada, muito além das formas, dos sentimentos e dos pensamentos.

Do nada surge à vida, do nada ressurge a Ave Fênix que após se incinerar retorna/renasce com muito mais força, brilho/luz e intensidade, para criar e recriar novamente, das profundezas da Morte Mística advém o novo, a nova vida transcendida dos abismos insondáveis.

Compreendamos queridos irmãos, A ARVORE DA VIDA SE ENCONTRA NA SEMENTE QUE MORREU, QUE SECOU, PARA TORNAR A NASCER.

É na árvore Homem/Mulher que se encontra a matriz germinadora e geradora de vida, assim também, a árvore do Univesus revelado de Deus se encontra no Homem e na Mulher Imortais, Santos, Castos, Puros, Despertos e Transcendidos.

Tudo está aberto agora e revelado para que compreendamos através do Espírito Santo na Sabedoria iluminada do Cristo Cósmico.

Toda semente para germinar, nascer, crescer e se desenvolver precisa secar e morrer, para que assim nasça uma nova árvore, que dará novos frutos e novas sementes, estas novas sementes deverão secar e morrer como seus Pais, para voltarem a nascer, produzindo assim, novos frutos e novas sementes.

Da mesma forma acontece com o Homem, que precisa secar e morrer em todo seu Desejo, Amor Próprio e Egoísmo para que o fruto do Universus revelado de Deus, o 1º Principio, volte a nascer ou renascer nele, expressando assim a vontade do Pai que habita em segredo no templo de cada coração.

Ciência, Filosofia, Arte e Religião voltam a se unirem ao principio de toda a criação, no coração do grande Pai Cósmico, aqui e agora a religião torna-se cientifica e a ciência religiosa.

*Todo Protocosmos tem seu tritocosmos, assim sendo, com o homem não poderia ser diferente, no tritocosmos humano encontra-se a raiz do egoísmo, é a ultima fronteira entre a não consciência de si, e a auto-realização consciente, todo mestre trabalha descendo aos abismos de seu próprio tritocosmos para limpar os resíduos, e purificar os cânones das distintas câmaras e etapas ao qual passa quando opta pela auto-realização, desta forma a limpeza voluntária e consciente de seus infernos atômicos se faz necessária, e a descida ao tritocosmos uma realidade a ser vivida. No entanto, o tritocosmos também é chamado de; O último depurador das personalidades que não optaram em encarnar sua alma, tornando-se assim, inconscientes das realidades dos mundos superiores; personalidades estas que não anelaram o despertar da consciência/Alma na matriz humana, e não se interessaram pela maestria/Sabedoria Divina, assim sendo a própria natureza do mundo Protocósmico as lançam para seus sistemas depurativos que se encubem de limpa-las e reingressa-las na corrente evolutiva novamente.




SÍMBOLO DO TAU



No centro do Pôster você vai encontrar o símbolo do Tau, que são as forças de equilíbrio, Yin e Yang, Luz e Trevas, Masculino e Feminino, Dia e Noite, o Eterno Expandir e Retrair de todas as coisas, a Inspiração e a Expiração de Seres, Planetas, Estrelas, Galáxias e Universos, a força dos Opostos ou das Antíteses, a bipolaridade complementar do Cosmos revelado estão expressas na síntese desta figura.

Sobre este principio Deus (Bhahman) se revelou (Brahma), porém no inicio da sua manifestação a dualidade bipolar encontrava-se na unidade eterna e a unidade eterna repousava na profundidade desconhecida e não revelada de Deus, o “IMANIFESTO” e de onde nasceu o todo “REVELADO / MANIFESTADO”.

Esta foi a expressão de Deus, Brhaman, revelada neste dia Cósmico, neste grande Mahamavantara, podendo se revelar/expressar no próximo grande dia Cósmico com outro aspecto que nem remotamente imaginaríamos, pois ele é o incompreensível, o insondável, estando além de toda a existencialidade, surgida a partir do NADA de forma reveladora no TUDO.



O TRIANGULO



Partindo desse principio e da vontade de Deus em criar, surgiu a tríade primordial, O Pai, O Filho e O Espírito Santo dos Cristãos; Isis, Osíris e Hórus dos Egípcios; Shiva, Brahma e Vishnu dos Hindus.

Esta mesma tríade se revelou em cada Cultura, seja ela do Norte ou do Sul, do Leste ou do Oeste, e se expressou através da idiossincrasia de cada povo, revestindo-se com o pensamento particular e cultural de cada época, revelando assim, sempre a mesma verdade oculta, encerrada desde o início deste dia cósmico no seio do imanifestado, do icognicível, do eterno AELOHIM, desdobrando-se em Deus Manifesto, a Unidade Eterna, por diferentes ângulos, olhares e percepções do mesmo “TODO” que cercava e ainda cerca cada civilização, consciente ou inconsciente do que foi, é e sempre será.

Esta trindade manifestada, esta representada no pôster de GAEA com o símbolo do triangulo, um arquétipo que carrega e concentra dentro de si a base de toda a sabedoria criadora, expressada de forma simples e perfeita.

 

O QUADRADO



Depois encontramos o Quadrado do lado de fora do Triangulo que é um desdobramento da própria Trindade - O QUATERNÁRIO INFERIOR. A Trindade e o Quaternário formam a LEI DOS SETE, os Sete Corpos (Físico, Etérico, Astral, Mental, da Vontade, da Consciência e do Espírito ou Intimo), Sete Dimensões uma dentro da outra e uma mais profunda com relação à outra, SETE LEIS SUPREMAS, SETE VISÕES, SETE PERCEPÇÕES, SETE RAIOS, SETE ESCOLAS CRISTICAS e um só caminho que leva ao PAI.

Na figura geométrica do Quadrado você encontra também os quatro elementos da natureza (Terra, Água, Ar e Fogo) nascidos do primeiro principio da criação de Deus através da 5ª essência que é o Éter. Também representado no Quadrado estão os quatro corpos inferiores do homem ou a Merkabah, dos Hebreus - O QUATERNÁRIO INFERIOR - citado acima (Corpo físico, Etérico, Astral e Mental), também esta representado no Quadrado o Cubo perfeito (dos Gregos) ou a Pedra da Alquimia trabalhada, lapidada e perfeita (livre de todo egoísmo e desejo humano) dentro da trindade e da unidade, a pedra cúbica de JESOD, a pedra de ângulo, pedra filosofal, fundamento do templo que somente atinge seu grau de perfeição na Forja dos Ciclopes ou nos Sacramentos da Igreja de Roma que é a nona esfera ou também o trabalho de alquimia, o trabalho sexual.

O verdadeiro casal alquimista é aquele que trabalha em silêncio, com humildade, simplicidade, renúncia, desapego, santidade e suprema castidade, são duas crianças que devem se unir na comunhão dos sexos, através da comunhão dos santos, para fecundar a Terra filosofal e ancorar, manifestar, trazer a vida no plano de MALKUT - Terreno físico - o Filho do Homem, o nascimento do Menino de Ouro, ou o Cristo Intimo nessa matriz de barro caída no lodo da terra chamada Homem/Mulher.

Isso acontece somente através de profundas dores, sofrimentos e padecimentos voluntários, pois o despertar da ilusão é doloroso, o ego não quer morrer, a verdade para ele e para seu mundo é cáustica, o corrói, o destrói, e com ele toda a sua pseudoverdade que hoje são as colunas e os alicerces do mundo da ilusão.

O que o grande Kabir Jesus passou em carne e osso no drama e Paixão de Cristo, hoje é vivida nos mundos internos de cada iniciado que nega a si mesmo para fazer a vontade do Pai que esta em segredo no templo de cada coração, de cada alma madura que pede a emancipação deste mar de mentiras dores e ilusões.

Esse é o drama cósmico vivido por qualquer Boddhisativa de mente pura e imaculada, simples e singela como a de uma criança sem desejos de espécie alguma, somente discernindo e servindo através da intuição a Vontade do Pai, O Primeiro Principio.


 

O SERVIR



Servir desinteressadamente sempre foi a máxima de todo colegiado, aqueles que pouco servem ou somente servem a si mesmos nas satisfações de seus desejos e nas gratificações sensoriais do mundo ilusório e perecível, impermanente e passageiro, encarcerados estão duplamente, pois servem a si mesmos e a ilusão que lhes cercam, estes, muito longe estão da essência do PAI que habita no templo de cada coração e dominados estão pelos egos que ofuscam suas visões, ações, sentimentos e pensamentos.

O verdadeiro servidor é aquele que o faz por Amor, Amor e Compreensão verdadeira, quanto mais se serve, mais se expande a consciência e quanto mais expandida é a consciência de um homem maior é a perfeição no seu servir, tal grande alma atinge alturas indizíveis, supra-humanas, alcançando a consciência do Cristo que penetra e permeia todas as coisas e que sempre esteve em todas as coisas e em todos os lugares, unido ao PAI.

A estas poucas almas, singelas, simples e humildes com mentes de criança que ali chegaram através das renúncias e do servir desinteressado por Amor ao PAI, compreendem que nunca estiveram separadas de nada e de ninguém, percebem Como o FIAT LUX, a luz na escuridão que clareia o fundo dos abismos insondáveis de sua própria inconsciência, que todos os seres existentes no Universo revelado de Deus fazem parte de seu próprio corpo, então suas mentes se iluminam e se conectam com a mente cósmica e assim sua consciência desperta do profundo sono ao qual estavam submersas.

Compreendem que todas as Galáxias, todos os Sóis e Planetas, todas as Humanidades, cada homem e cada mulher, todos os animais, plantas e metais habitam, pulsam e vibram dentro delas mesmas, na unidade múltipla perfeita (o Cristo Cósmico) e percebem que ao ferirem alguém, ferem a si mesmas, mutilam seu próprio corpo, destroem suas próprias vidas, pois submersas estavam na ignorância e na obscuridade de seus desejos e egoísmos.

Qual homem ou mulher em sã consciência mutilaria seu corpo? Nenhum ser humano em sã consciência faria tamanha atrocidade em seu corpo, da mesma forma quando se atinge a consciência de que somos um único corpo em Cristo, incapazes somos de ferir nossos semelhantes ou de praticar qualquer tipo de violência ao nosso próximo, pois todos fazem parte uns dos outros e assim somos e formamos na unidade múltipla de seres, o corpo de Cristo.

Servir é expandir, quanto maior for o serviço desinteressado de um ser e alma, maior é a expansão de sua consciência e do todo que lhe cerca, somente aqueles que compreenderam a natureza do Cristo servem desinteressadamente e incondicionalmente, pois entendem que o reino do Pai não esta neste mundo, mas através deste mundo o Cristo se manifesta indicando o caminho para o reino do Pai através do servir.

Maior de todos é aquele que serve e somente aquele que é perfeito em servir encarna o Cristo Cósmico.

O mestre dos mestres o grande Kabir Jesus o Cristo Cósmico diz:

“(26) Mas vós não sois assim, pelo contrário, o maior entre vós, seja como o menor; e aquele que dirige seja como o que serve. (27) Pois qual é maior: Quem esta à mesa ou quem serve? Porventura, não é o que está à mesa? Pois, no meio de vós, eu sou como quem serve”. (Lc 22:26-27)

 


O INFINITO OU SANTO OITO





Depois de explanarmos um pouco sobre o servir e o Cristo Cósmico retornemos, queridos irmãos para a simbologia do Pôster, ao símbolo do Oito deitado.

O símbolo do Oito deitado é o símbolo do infinito, que se encontra em um mesmo ponto de convergência, formando assim um X, o futuro e o passado no eterno presente, no ETERNO AGORA.

Os cruzamentos das linhas no centro do SANTO OITO também representam o Sacrifício, a CRUZ DE SANTO ANDRÉ que todo iniciado carrega, pois aprendeu o significado do Servir, do Desapego e da Renúncia, O LONGO CAMINHO DAS RENÚNCIAS, ele não “reverbera, ecoa” absolutamente nada, nem o futuro, nem o passado, porque ancorado está no AGORA, o ETERNO PRESENTE.

Quando se desperta o olho de Shiva ou de Hórus - O Olho de Deus - o Pai, o 1º Principio, pode-se ver o Futuro e o Passado existindo no mesmo ponto, no cruzamento exato do AGORA. O ponto central no X do Santo Oito é o Ponto de equilíbrio das forças divergentes, opostas e antagônicas que se manifestam em toda a criação, no eterno batalhar das antíteses, na dualidade das formas manifestadas.

O símbolo do Tau (Yin e Yang) esta no centro e sobre o X do Santo Oito, ele vem representar justamente a dualidade destas forças que se encontram em equilíbrio no centro umbilical do Homem Microcosmico e transcendido no centro cardíaco do Homem Macrocosmico.

O ponto central no X esta mais além do bem e do mal é onde estas forças se encontram para se neutralizarem, completando-se, Bem e Mal, Luz e Trevas, Futuro e Passado, Homem e Mulher, Dia e Noite, Fogo e Água, Doce e Amargo, Calor e Frio, tudo se converge no Eterno AGORA, no Ponto Central do Infinito e Santo OITO.

Finalmente podemos compreender melhor que tudo acontece aqui e agora, nossos destinos dependem somente de nossas escolhas no agora, podemos criar o Céu ou o Inferno em nossas vidas porque tudo se resume no agora e só depende da “força de nosso braço” timonear nosso barquinho para as águas de descanso, ou afundar-nos em um torvelinho tempestuoso de sentimentalismos e sofrimentos de angustias e depressões gerados por nossos apegos e desejos não alcançados e não correspondidos.




O NÃO ESQUECIMENTO DE SI MESMO E A ATENÇÃO PLENA



Todo sincero caminhante ao estar atento a si mesmo, em seus pensamentos, suas emoções e suas ações como sentinelas em tempos de guerra, ancorados estão no ponto central do infinito e santo oito e no eterno agora, não se deixando cair nas armadilhas de Maya e de seu próprio egoísmo.

Quando compreendemos verdadeiramente que ira, inveja, luxuria, preguiça, cobiça, vaidade e gula (O dragão de sete cabeças do apocalipse de São João – Ap.12) são os reflexos de nossos desejos e que a raiz de todo egoísmo reside no desejo, tudo começa a mudar, todo sofrimento termina e uma nova Aurora desponta, assim derrubamos o dragão de sete cabeças que habita dentro de cada um de nós.

Ao combatermos a raiz de todo desejo, as sombras, os germes de todo desejo por mais sutis que sejam, erradicamos todo sofrimento da alma e libertamos toda nossa essência divina dos abismos e dos infernos criados por nós mesmos através de nossa própria ignorância, assim nos reconectamos a luz celestial e ao amor Cristo Universal que nunca nos abandona, pois esta em tudo e em todas as partes.

O reflexo daquilo que vivemos no nosso dia a dia se plasma, se manifesta nos mundos internos e em nossos sonhos, se passarmos o dia inteiro trabalhando como loucos e querendo somente ganhar mais e mais dinheiro assim também será nos mundos internos, se passarmos o dia em angustias e aflições, em desequilíbrios e lamentações, assim também levaremos esse reflexo do que vivemos no mundo exterior para os mundos internos de nossas consciências adormecidas.

Ao buscarmos uma disciplina externa com a vida, através de meditações, ações retas, pensamentos retos, palavras corretas, direcionando cada palavra que sai de nossa boca com consciência, amor, serenidade, tranqüilidade e se sempre praticarmos orações e agradecimentos diários elevando nossos pensamentos para o divino estando sempre atentos em nós mesmos e a todos que nos cercam, certamente plasmaremos toda essa realidade também nos mundos internos.

Nosso corpo físico hoje serve como uma ancora que nos faz existir em um ponto de manifestação concentrado, mas quando perdermos nosso corpo físico, (pois a morte é inevitável, e todos nós passaremos por ela, mais cedo ou mais tarde), vagaremos dispersos e sem foco, repetindo o mesmo padrão de comportamento condicionado que tivemos em vida, pois nada fizemos para nos autodisciplinarmos, nada fizemos para disciplinar nossas mentes vorazes e indisciplinadas no mundo externo, passageiro e ilusório de Maya.

Aqueles que têm desejos de beber estarão em bares com seus afins, aqueles que têm desejos sexuais vagarão de prostíbulo em prostíbulo buscando saciar seus apetites sexuais que nunca tem fim nem limites, aqueles que gostam de comer desenfreadamente estarão sempre em locais rodeados por grandes mesas e banquetes, aqueles que têm afinidade por lutas, brigas, violência, jogos e jogatinas para lá irão como um reflexo vibratório que ressoa na mesma faixa e vibração emitidas, também os traidores, os mentirosos, os corruptos, os gananciosos, os cobiçosos, os manipuladores sutis, cada um deles irão para o grau e a intensidade de suas vibrações, porém se começarmos gradativamente, pouco a pouco, uma disciplina como colocada acima do controle de nossas ações, pensamentos e palavras e nos dedicarmos às práticas de meditação e de compreensão de nossos desejos e defeitos e gradativamente através de muitos esforços, sofrimentos e padecimentos voluntários formos mudando toda a negra realidade que nos cerca, tudo começa a mudar e o reflexo dessa mudança começará a surgir internamente.

Se, através de compreensão, suplicas e orações pedirmos ao nosso intimo, nossos amados pais internos, em especial, a nossa Divina Mãe particular, desdobrada e manifestada do Primeiro Principio, Deus, O Eterno e imutável Pai que habita em segredo no templo de nossos corações, com profunda e verdadeira sinceridade a mudança, a eliminação da velha forma de ser e pensar para que nasça um novo Ser, então uma nova realidade será construída a cada novo raiar do Sol, e pouco a pouco iremos despertando de nosso profundo sono e esquecimento de quem somos nós, de onde viemos e para onde vamos, compreenderemos que estamos onde deveríamos estar, no principio e no fim de tudo, que somos o agora, viemos do agora e iremos para o eterno agora.

Um velho e antigo amigo me revelou certa ocasião que devemos ter Força Sustentada pelo tempo que for necessário até que atinjamos o objetivo planejado pela nossa mônada, pelo nosso Pai Sagrado e que não existe caminho algum a percorrer, apenas o trabalho e o amor, o amor ao trabalho, quando compreendermos verdadeiramente isso daremos o primeiro passo para o despertar, daremos o primeiro passo na travessia do gigantesco deserto de nossa própria ignorância.

Certamente essa não é uma tarefa fácil, é uma luta travada internamente com nós mesmos, nunca com nossos semelhantes, devemos estar atentos, sempre, não nos esquecendo de nós mesmos, como a sentinela em tempos de guerra e como verdadeiros Guerreiros que são implacáveis consigo mesmo e amorosos e conscientes com todos os demais.

Assim caminhamos entre a cruz e a espada, entre o sacrifício e a Thelema (vontade), separando o Joio do trigo, fazendo florescer em nossa personalidade as virtudes de nossa alma, transformando chumbo em ouro, o chumbo da personalidade no ouro do espírito.

Contam as histórias que se perdem nas noites dos séculos que o Rei Salomão dormia com setecentas donzelas e que o Abençoado Senhor Krishna vivia com Mil e quinhentas princesas, existiam ainda, alguns contadores das velhas histórias do antigo oriente que afirmavam que eram quinze mil as princesas ao redor do abençoado.

Reflitamos amados irmãos se um verdadeiro homem de Deus, Celestial, amaria tantas mulheres ou seriam estas, Donzelas, Virtudes de uma alma sabia, desperta e iluminada?

Devemos estar alicerçados na ética interior e superior de nosso Ser e Pai Celestial, escapando das armadilhas de Maya, forjando nossas próprias circunstâncias e não estando mais a deriva no tempestuoso mar das Paixões internas e externas a nós.

Todos nós vivemos hoje em um mundo de guerras internas e externas e vivemos essa realidade que nós mesmos construímos de guerras internas e externas porque perdemos o foco e a atenção de nossos próprios pensamentos, sentimentos e emoções, assim entramos novamente no profundo sono do esquecimento de nós mesmos, mas quando estamos como sentinelas em tempos de guerra, permanecendo atentos e em atenção plena e constante de nós mesmos, dentro, no mundo dos nossos pensamentos, sentimentos e emoções e fora, no mundo impermanente e passageiro de Maya, nos alicerçamos em um único ponto de equilíbrio e consciência, nos alicerçamos em nosso próprio ser, que está no ponto central do infinito e santo oito, o Alfa e o Omega no eterno agora.

O auto esquecimento de si nos faz viver uma vida superficial e mundana e assim, atirados somos no mar vermelho das paixões externas que ressoaram no mar vermelho das paixões internas nos causando grandes dores e sofrimentos para nossa alma.

Tudo sempre esteve aqui - Porque nós estamos aqui! E não no Passado, nem no Futuro, estamos no Ponto central do Infinito e santo Oito.

Agora amados irmãos, vocês podem ver e compreender a realidade que vos é aberta e só cabe a vocês usarem o Poder do Agora... Então?... O que semearão? O Céu ou O Inferno? Felicidade ou Tristeza? Calmaria e Serenidade ante as dificuldades da vida ou Desespero, Ira e Intolerância?  As chaves sempre estiveram em vossas mãos e nossa missão é apenas mostrar a todo homem e mulher de bom e sincero coração, porque é no aqui e no agora ao redor de nossas vidas e em constante atenção que construímos nossa realidade, ela nunca esteve no futuro subjetivo, muito menos em um passado distante e remoto que açoita nossas mentes com as lembranças do que já passou, daquilo que já não mais existe, porém até rasgarmos o véu que entorpece nossas visões limitadas por falta de discernimento e compreensão sofremos, mas quando a luz da compreensão, o FIAT LUX na escuridão ilumina as trevas de nossas mazelas e ignorâncias internas uma nova aurora surge para transformar o “Homem de Barro” em uma Águia de fogo Solar e Crístico.




A ESTRELA DE CINCO PONTAS


Após explanarmos um pouco mais sobre o Não Esquecimento de Si Mesmo e a Atenção Plena falaremos um pouco mais sobre a simbologia do Pôster Tritocosmos.

A Estrela de Cinco pontas é também conhecida como o pentagrama, sutilmente desenhada atrás do símbolo do Tau e do Santo Oito é a representação do Homem Macrocosmico Transcendido, o Homem Imortal, que gradativamente desperta sua consciência com trabalhos dedicados e desinteressados em auxilio aos seus semelhantes, conduzindo-os, através do exemplo de suas ações altruístas de amor, respeito, fraternidade e solidariedade, despertando sua consciência pelos méritos de suas próprias ações e renunciando aos frutos de seu trabalho, semelhante grande alma toca o todo o Universo que se abre internamente e o transforma em um Homem Galáctico e Cósmico, aquele que transcendeu toda a bondade e toda a maldade, aquele que esta além, mais além do bem e do mal.

O homem é senhor e construtor de todo o UNIVERSO (a diversidade dentro da unidade), se hoje vivemos a realidade do Caos e da desordem que nos cerca neste mundo louco e deformado é porque nós a projetamos e criamos a partir de nossa própria imperfeição interna e desconexão com o divino que habita em nós.



O EXTERNO É REFLEXO DO INTERNO



Dentro do HOMEM MICROCÓSMICO esta o HOMEM MACROCÓSMICO, dentro de uma pequenina semente se encerra toda a potencialidade de uma bela e frondosa árvore que nascerá através de seus próprios esforços, lutas, vitórias e derrotas, dando seus frutos para serem semeados novamente em pastos verdejantes, em terras boas, aradas e férteis. Assim também é o homem, amados irmãos, uma semente... De um Anjo... De um Planeta... Um Sol... De uma Constelação... De uma, ou até infinitas Galáxias, no Homem se encontra a semente de todo o Universo o principio e o fim que externamente se manifesta ante seus olhos, porém é internamente que se fecunda tudo que hoje se manifesta externamente, internamente é que se fecunda uma nova nação, uma nova civilização, uma nova era de Equilíbrio e Amor, devemos construir/semear no interno (sementes de Tranqüilidade, de Serenidade, sementes de Altruísmo de Bondade, sementes de Respeito, Tolerância, sementes de Paz e Sabedoria) para que venha a se manifestar no externo, pois, que homem sendo bom fará o mal? Que homem sendo honesto, será corrupto? Qual homem que forjou sua Luz interna projetará para fora somente trevas e desordens, contendas, desavenças e desgraças? 




Reflitamos amados irmãos - O RELEXO DO EXTERNO É A PROJEÇÃO DO QUE TEMOS CONSTRUIDO NO INTERNO - a reação que causamos nas pessoas é um reflexo daquilo que elas projetam para fora através das percepções de seu próprio interior, as reações que uma Nação causa a outra Nação de afinidades ou conflitos é o seu próprio reflexo, pois que Nação refletiria a desordem ou Caos tendo somente em seu ventre interior e profundo a ordem e o Cosmos? Que nação que é transbordante de verdadeiro Amor e Sabedoria, Luz e Paz, refletiria Ódio, Ignorância, Vinganças, Trevas e Guerras?

Que possamos refletir um pouco mais sobre tudo isso e assim construir novas bases e fundamentos para as futuras gerações que virão.

 

OS TRÊS OLHOS E AS GALAXIAS


Os três olhos com as Galáxias são mais uma vez a representação da TRINDADE já citada anteriormente, o um que é dois, que é três, e o três que é um, é o olho que tudo vê e constrói, o olho de Dagma, o olho de Shiva, o olho de Hórus, nada e ninguém escapa de sua percepção e do alcance de sua visão.


O homem está representado no Pôster pela estrela de cinco pontas sendo ele o senhor e construtor de seu universo interior e exterior, com seus pés e sua cabeça ele toca a construção sendo ele o Alfa e o Omega - A tríade manifestada - seus braços estão abertos, (as pontas horizontais da estrela, O Homem Vitruviano de Leonardo Da Vinci, O Homem ideal, o Homem integral, o Homem Consciente e Perfeito), em um gesto de desdobramento, de desabrochar para a vida que se manifesta, a manifestação do 1º Princípio, Deus em ação, construção e movimento.



O ALFA E O OMEGA



As letras Gregas, Alfa e Omega, são o Principio e o Fim de toda a manifestação divina.

“Eu Sou o Alfa e o Omega, diz o Senhor, aquele que é, que era, e que há de vir, o Todo Poderoso” - Ap 1:8 / Eu Sou o caminho, a verdade, e a vida: ninguém vem ao Pai senão por mim.“ - Jô 14:1-6), assim diz o CRISTO JESUS, Mestre de Mestres, sabendo que a ”Energia Cristica“ é a única que pode resgatar a essência, a consciência ou Sophia, dos mundos exteriores ao qual caiu seduzida pela luz do Abismo (dos desejos e do egoísmo) e leva-la novamente ao seio do Pai Sagrado o Alfa e o Omega, através da ”porta“ estreita e apertada do arrependimento, a retomada de consciência que leva e eleva o verdadeiro e sincero buscador pelos caminhos da compreensão até a ressurreição em vida para o Cristo.


MARTE E VENUS – SOL E LUA



Os símbolos dos planetas Marte e Vênus, o Sol e a Lua no Pôster representam o Homem e a Mulher, os opostos que se completam e se unem para criar, DOIS que voltam a ser UM, O Andrógino Divino, que gera vida em abundância e ao unirem-se restabelecem a harmonia do 1º Primeiro Principio, são duas forças opostas e complementares, forças de construção, Fogo e Água.


O ANDRÓGINO DIVINO E A QUEDA DO HOMEM



Antes da queda do homem essas duas forças estavam estabelecidas em um único ser e em perfeito equilíbrio, formando o Eterno Andrógino Divino, hoje estas duas forças que se completam estão separadas na divisão dos sexos, por isso que neste mundo os homens buscam as mulheres e as mulheres buscam os homens, mesmo sem saberem eles no fundo desejam voltar a serem completos, serem novamente um com a força que os gerou antes de sua queda do paraíso.

Se Atman, Buddhi e Manas de cada ser humano estivessem unidos e conectados ao quaternário inferior, que desconectado está do Ser (Atman), se cada homem e cada mulher encarnassem completamente suas almas ligando a terra aos planos celestiais, esse sentimento de separatividade não existiria, pois seriam UM com suas almas aqui na terra (no mundo físico e tridimensional de Malkut) e UM com todas as outras almas, formando assim um único corpo em Cristo... O CORPO DE CRISTO.

O desejo de provar da árvore do Bem e do Mal* fez com que o homem primordial, se lançasse no mundo Exterior, então ao cair seduzido pela luz do Abismo (a luz de Lúcifer, quando se rebelou e caiu se desdobrando na materialidade física que conhecemos hoje) e pela Serpente tentadora do Éden, Calor e Frio se dividiram, Doce e Amargo se dividiram, Amor e Cólera se dividiram, assim o homem conheceu O FRUTO DA ÁRVORE DO BEM E DO MAL, “caindo/saindo” do Primeiro Principio onde existia somente a brandura do amor na Unidade de Deus, entretanto após a queda de Lúcifer Deus já sabia, sendo ele o Alfa e o Omega, da queda do Homem e enviou seu filho unigênito, o Cristo, sua imagem e semelhança, para o resgate de Sophia, a consciência (a essência de cada ser desdobrada e revelada do ventre do Pai), projetada de cima para baixo e aprisionada cada uma, segundo o grau de sua profundidade em cada plano desdobrado da manifestação divina.

Como um reflexo entre espelhos a criação divina foi se desdobrando, pois continham em si a essência geradora e criadora do 1º Principio, O Pai, Deus, passando de plano em plano, dimensão em dimensão, se materializando e se densificando até chegar ao nosso plano físico e tridimensional, porém o desdobrar não cessou por ai e submergindo nas profundezas infernais continuou a se desdobrar nas infradimensões, dividindo toda a brandura e o amor do 1º Principio em cólera e dor.

Se o Pai/Deus, o 1º Principio não mandasse seu filho, o Cristo, a criação continuaria a se desdobrar infinitamente por trazer em sua natureza profunda a imagem e semelhança de Deus em criar e se o cristo não viesse para resgatar Sophia, nossa consciência, todo o sofrimento não teria fim.

* Entenda-se que a arvore do bem e do mal é o sexo, a pedra de tropeço, a pedra cúbica. O sexo puro sem maculas e consciente praticado da forma correta sobre a instrução de mestres e anjos do amor nos eleva novamente para o seio do Pai, o sexo pernicioso, animalesco, luxurioso, voltado aos sentidos externos dos prazeres da carne nos afunda mais e mais para os reinos de Satan até alcançarmos a segunda morte.

LÚCIFER
LUX - CIFER


Com a queda do Lúcifer Cósmico criou-se a Terra da terceira dimensão e todo este cosmos e universo exterior que conhecemos hoje e no qual hoje habitamos, este é o exterior dos exteriores, inclui-se também nos domínios e criações de Lúcifer as dimensões e infradimensões do inferno.

A rebeldia de Lúcifer construiu toda a materialidade de hoje. Sendo ele o primeiro a cair e se rebelar, também será o ultimo a retornar ao seio do Pai, ao 1º Principio, assim os últimos que caíram e se desdobraram para os exteriores até chegarem à materialidade física de hoje saindo da brandura e do amor de Deus serão os primeiros a retornarem e os primeiros que caíram ou saíram e se desdobraram até as profundezas dos infernos e abismos serão os últimos a retornarem ao seio do Pai.

Como Lúcifer foi o primeiro a cair e a construir toda essa realidade que nos cerca hoje será o ultimo a retornar ao seio do Pai e quando isso ocorrer, quando Lúcifer retornar ao Pai selará a criação deste grande dia cósmico.

Muitos poucos conhecem a verdadeira natureza de Lúcifer e pela ignorância e o desconhecimento de sua missão (de ser nosso treinador interno e intimo e ao mesmo tempo externo e manifestado) o julgam sem nenhuma base intuitiva nem compreensão sobre a verdade deste Ser, da mesma forma que julgaram a Judas sem o profundo conhecimento da causa interna que o levou a cumprir sua missão de entregar o filho de Deus, o Cristo, para o sacrifício e redenção do mundo no exterior dos exteriores.

Assim como todos os outros Anjos que um dia caíram depois de Lúcifer e regressaram ao seio do pai (sendo todos eles treinados por lúcifer ao caírem e adentrarem em seus domínios), certamente a grande Luz deste dia cósmico, Lúcifer, também terá que regressar pelo mesmo caminho que todos os outros regressaram, o do arrependimento.

Queridos irmãos, enquanto não compreendermos, Lúcifer nos provará, pois este é o seu papel, se falharmos ele nos aprisionará em nossa própria ignorância, porém quando fizermos compreensão, o arrependimento nos arrebatará para estágios de consciência mais elevados por onde seremos resgatados pela Luz do Cristo negando a nós mesmos, renunciando aos nossos desejos pessoais e nos sacrificando de forma totalmente consciente pelos nossos irmãos e por toda a humanidade doente, assim Lúcifer finalmente nos liberará.

Da mesma forma que o Lúcifer externo existe assim também o lúcifer interno se faz presente na arquitetura divina do homem microcósmico, assim como é em cima é em baixo, já dizia o três vezes nascido Hermes Trismegistro, enquanto não houver compreensão e arrependimento no coração do homem, o senhor da escuridão continuará existindo no interior e no exterior dos mundos.

O Pai altíssimo, senhor de todos os Universos que ainda se manifestam, Com a forma de Deus manifestado, ainda entoa seu eterno OM cósmico, dando forma a sua criação divina, e conforme as consciências, as essências divinas forem sendo recolhidas novamente (com ou sem percepção de seu retorno) para seio do Pai, inevitavelmente Lúcifer se fundirá ao Pai das luzes.

Enquanto nós não despirmos nosso Lúcifer interno e externo ao mesmo tempo de todo o egoísmo, de toda roupagem egóica e subjetiva que nós mesmos criamos através de nossos desejos e nossa própria ignorância, a criação e a manifestação de Deus nos planos mais densos continuarão existindo como a cólera de Deus, queimando, ardendo, construindo e movimentando o Universo através da força rebelada de Lúcifer, mas quando Lúcifer, resgatado for pela luz do arrependimento então este será um prenuncio para todos os céus acima de Lúcifer que o Senhor de toda a criação iniciou seu retorno para dentro de si mesmo, pois Lúcifer finalizou e queimou o que havia para queimar, movimentar e construir, então todos os céus se recolherão, um dentro do outro e todos caminharão em uma marcha solene e sincronizada para o seio do grande absoluto.

Os anjos em um só coro retornarão ao seio do Pai Universal, completando assim a vontade de Deus em criar neste dia cósmico e repousarão novamente em um profundo descanso da grande noite cósmica, do grande Pralaya, aguardando apenas o novo despertar e vontade de Deus em criar novamente em uma nova aurora mahamavantica e cósmica.

Era necessário um ser do porte e envergadura de Lúcifer para manifestar / revelar / expressar todo o poder da cólera de Deus, se não fosse por Seu fogo / cólera rebelado, o universo não conheceria a forma manifestada e revelada em que hoje vivemos, não conheceria também a Luz / Amor redentora de Deus através de seu filho o Cristo Cósmico.

Na maioria das vezes a ignorância do homem e seus pré-conceitos estabelecidos por condicionamento e tradição herdada de pai para filho de geração para geração, nos faz cegos, então não conseguimos simplesmente observar sem julgar Homens, Anjos e Deuses se expressarem na grande manifestação cósmica.


Ahhh!!! Filho da Luz contemple a força que se manifesta e observe como cada ser criado a usa para modelar seu próprio Universo.


Um homem é falível de erros, assim igualmente um grande Anjo ou um pequeno Deus iniciante também o é. A diferença é que quando um homem comete um erro como Hitler, este devasta toda uma nação, a traumatiza, e assim a ignorância se estabelece duplamente, uma pela ação deste homem de "Poder" que cego agiu por seus instintos, manipulados por seus egos e outra pela resposta traumática de uma humanidade que sofre pela ilusão e a ignorância do seu estado de ser.

Quando um grande Anjo ou Mesmo um grande Deus de muita consciência força e luz comete o mesmo erro as conseqüências deste erro se amplificada em escala cósmica e universal, e suas seqüelas inevitavelmente se expandem por todos os reinos de sua criação, nada e ninguém esta imune a este "dispositivo" de proteção do universo que ainda esta em movimento, expansão e construção, sejam nos céus mais sublimes ou nos Planetas mais densos.

Todos nós devemos aprender a administrar nosso próprio fluxo de força, vitalidade e energia, e aprender que todo o universo em manifestação é parte integrante de nosso próprio universo intimo profundo e particular.

Quando despertamos para esse nível de consciência ultrapassamos sem intenções os limites criados pelos Homens, Anjos, Deuses ou Demônios e nos reconectamos na lei Universal, a lei que organiza e reorganiza o UNO no VERSO, a versificação e pluralidade de existência na UNIDADE.

Assim nos dissolvemos no TUDO QUE NADA É e nos estabelecemos muito alem do Bem e do Mal.

O amor é a lei e somente o amor é capaz de superar sua própria lei.

O GRANDE DRAMA CÓSMICO


Que caiam os véus de nossos olhos! Enxerguemos amados irmãos, o grande Drama Cósmico de nosso Universo interno e externo em curso, revelando sua estrutura de expansão/expiração construtiva através de Lúcifer e de retração/inspiração redentora através do Cristo Cósmico.

O mestre de todos os mestres, aquele que encarnou o Cristo cósmico, diz: “Eu Sou o caminho, a verdade, e a vida: ninguém vem ao Pai senão por mim”. (Jô 14:1), pois ele é o enviado e o primogênito, o encarregado em resgatar Sophia, nossa consciência, do abismo ao qual caiu seduzida pela luz de Lúcifer.

Lúcifer é o portador da Luz e nosso treinador íntimo e profundo. O Cristo é o nosso redentor, o reconciliador que nos leva e eleva de volta ao ventre do Pai celestial, por isso o Mestre dos Mestres Jesus dizia “ninguém vem ao Pai, retorna para o Pai, senão por mim ou através de mim”, porque essa é a missão do Cristo Cósmico resgatar e reconciliar a alma e a essência de cada ser, caída e projetada para o abismo no exterior dos exteriores e leva-la de volta para o seio e ventre do Pai, o Primeiro Principio no interior dos interiores.

Nosso Lúcifer interno Pode nos elevar e nos levar de volta para o seio do Pai imaculado e sagrado como Cristuslúcifer ou pode também nos escravizar nas profundidades de nossos egos, defeitos e paixões animalizadas e deformadas no exterior dos exteriores.

Devemos aprender a domar essa força explosiva e rebelde que cada um carrega dentro de si e projeta-la para dentro e para cima em sintonia e comunhão com o que temos de mais sagrado e divino dentro de nós.

Lúcifer é escada para subir como também escada para descer, dizia o Mestre.

CristusLucifer é a força ao mesmo tempo rebelde e redentora que nos transporta e nos eleva novamente ao seio sagrado do Pai, aquele que é, que era e que há de vir, o Alfa e o Omega, o Principio e o Fim de toda a criação e revelação divina.

O grande Pai Cósmico Comum, Deus, O Primeiro Principio, construtor gerador e revelador de toda a manifestação que imanifestada era no principio, após expressar-se e revelar-se, no exterior dos exteriores, através de seu filho, o Cristo Cósmico, da inicio ao seu processo de recolhimento para a grande noite cósmica, para mais um descanso e pausa de sua expansão e construção criativa, recolhendo-se na presença intocável, invisível, ilimitada e imanifestada do NÃO SER, assim é finalizado todo um dia cósmico de trabalho, o nascimento, crescimento, desenvolvimento, envelhecimento e morte de todo um universo, com toda sua multiplicidade de dimensões, formas, seres, planetas, constelações e galáxias em suas rondas curtas ou longas colhendo-se ao final de toda semeadura seus frutos em uma escala cósmica.

Forjados somos desde o principio para algo muito além da própria manifestação e existência neste universo. Nascemos então novamente para a imanifestação de um universo que não mais existe nem toca este universo já extinto, nenhuma mente humana ou mesmo cósmica sem a unção e penetração do cristo cósmico em seu profundo ventre é capaz de compreender a profundidade desta imanifestação, pois não existem parâmetros, seres pensantes não o alcançam, ali não existe mais mente, transcende todo sentimento, supera toda forma e mesmo a geometria sagrada e divina não o toca, contudo esta força imanifestada é a inspiração para que os Deuses manifestados geometrizem e construam através de seus fractais toda a manifestação de um novo universo revelado.

Universos paralelos se desenvolvem com os mesmos objetivos de se extinguirem para que novos universos surjam, um é semente do outro e muitos existem ao mesmo tempo interagindo entre si.

Quando a energia Cristica se expressar através de todo este nosso Universo revelado em seus diferentes raios da criação ou suas SETE ESCOLAS CRISTICAS de fundamento (os sete raios fundamentais da criação), quando os SETE CRISTOS CÓSMICOS que formam e são UM só corpo no Pai Eterno se manifestarem por todo este universo expressando suas máximas e quando se completar o numero daqueles que o Cristo por missão e por mandamento do Pai alcançar / resgatar, sendo Lúcifer o ultimo a ser resgatado, Deus então, se recolherá novamente para o grande Pralaya, terminando assim mais um dia cósmico de manifestação e revelação deste universo.

Amados irmãos, o Cristo Cósmico revelado no exterior dos exteriores prepara sua comitiva de retorno ao seio do imanifesto, que nossa visão seja uma única visão com FOCO E ATENÇÃO! Que nossos pensamentos sejam um único pensamento com FOCO E ATENÇÃO! Que nossos sentimentos sejam um único sentimento de amor incondicional e que nossos corpos sejam um único corpo em Cristo o redentor e assim em unicidade marchemos solenemente para dentro de nós mesmos e ali ancoremo-nos na luz do Cristo Intimo preparando nossas almas e corações para seu retorno interno.

O próprio Cristo revelado em Jeshua Ben Pandirá (Jesus) nos disse: “Se ouvirdes alguém dizendo em praça publica que é o Cristo, não creiais; e se disserem: Ele esta ali no Templo predicando, não creiais”. Estejamos atentos amados irmãos, pois o retorno do cristo salvador virá internamente para o resgate de Sophia, nossa consciência caída no exterior dos exteriores e não externamente no mundo ilusório e passageiro de Maya para assim reconcilia-la, leva-la ao seio de nosso sagrado Pai Celestial, aquele que era, que é e o que há de vir, em um religare entre céu e terra, marcado pelo duplo Arco Íris interno, o símbolo da nova aliança, porém tudo isso só será possível se nos prepararmos para o reconciliar através da mudança interna, sincera e profunda, levada pela luz do arrependimento e da compreensão daquilo que somos e daquilo que devemos ser...Um único corpo em Cristo.

O CIRCULO BRANCO


Para fechar o Pôster encontramos um grande CIRCULO BRANCO a ultima fronteira de conexão entre o MANIFESTADO e o IMANIFESTADO, o circulo de fogo “NÃO PASSARAS”.

O Principio de todas as coisas se reencontra no final de todas as coisas, nos limites da morte reencontramos a vida em potencialidade latente, para ressurgir e recomeçar.

É no Tritocosmos que encontramos as sementes de toda a criação, as sementes do recomeçar, toda a potencialidade do Universus se encontra no Tritocosmos.

Na profundidade das profundidades encontramos o mistério dos abismos insondáveis, a semente e matriz geradora de toda a vida que se revela a cada dia cósmico, para criar e tornar a criar, recriar com mais profundidade, mistérios e sabedoria.

Ao não querer Ser, nos tornamos o Ser, ao renunciarmos conscientemente todas as nossas ações e nossa vida, conquistamos nossa própria vida, isso não significa que ao renunciarmos nossas ações e nossas vidas deixaremos de agir... Não... Mas sim, agiremos muito mais e movidos profundamente e sinceramente pela COMPREENSÃO DO NÃO RESISTIR construiremos aquilo que se deve construir sem mais resistir.

É necessário primeiro compreendermos a Lei da Resistência, para após compreendê-la praticar a não resistência. Para não resistir devemos compreender profundamente em todos os níveis de nosso ser o resistir.

Quando finalmente compreendermos essa máxima, nos atiramos à ação renunciando conscientemente os frutos de nossas ações e de nosso trabalho, servindo desinteressadamente aos nossos semelhantes, essa é a verdadeira Morte Mística para aquele que desenvolveu Amor verdadeiro Pelo trabalho de lapidação interna e que verdadeiramente anela ser UM, no corpo de Cristo, pois o Cristo é aquele dentre todos que mais serve; é aquele que por todos se sacrifica para trazer vida em abundância, mostrando o caminho de retorno e regresso para a morada do Pai Cósmico, dentro, no intimo e interno de cada um de nós.

“Ser, é não querer Ser, está era a questão”.

Enquanto desejarmos e quisermos Tudo, nada teremos, porém quando Nada quisermos ou desejarmos sinceramente e profundamente então sim, Tudo teremos e Tudo seremos.

Perceberemos que não existia nada a se perder e nada para se ganhar, quando se esta verdadeiramente ancorado no Eterno Agora.

O Senhor, Bem Aventurado e amado Krisnha o Cristo Cósmico diz: “Após muitos nascimentos e mortes, aquele que tem verdadeiro conhecimento rende-se a mim, sabendo que sou a causa de todas as causas e de tudo que existe. É muito raro encontrar semelhante grande alma”. (Bg. 7.19)

Queridos e amados irmãos, é no aqui e no agora, no final de tudo que nos reencontramos, é no final destas linhas que se dá inicio ao processo do seu despertar, purifique sua mente e seus sentimentos de toda negatividade externa, de todo pensamento pessimista, eleve seus pensamentos para o amor incondicional e sacrifique-se para trazer vida em abundancia a todos que te cercam sejam estes teus familiares, teus amigos ou qualquer pessoa ou ser que cruze seu caminho, bendiga-o abençoe-o.

Amem os animaizinhos e as plantas que vos cercam eles também sentem e evoluem como cada um de nós dentro de suas escalas e universos amem a vida e respeitem o ritmo de aprendizado de cada um, muitas vezes o mínimo esforço de alguns para com você é o máximo que esse alguém pode dar-te, respeite-o e receba-o com profundo amor e gratidão sem nunca criticar a forma de expressão de teu irmão.

Cada um da seus frutos conforme a força de seu braço e seu esforço pessoal em arar sua própria terra, se tens a virtude altruistica em ti ajude-o sem nada esperar, apenas faça-o por profundo amor e gratidão incondicionais a cada ser vivente.

Estejam sempre atentos a vocês mesmos e mantenham o FOCO, amem e perdoem a todos que vos cercam e busquem elevá-los em profundo amor sem nada querer nem desejar, a força que constrói e agrupa todo o universo é o amor e somente o amor pode nos elevar até a consciência do homem cósmico, desperto e cristico.

O final de nossas pequeninas e insignificantes vidas e existências é o renascer e o recomeçar para as futuras vidas e existências que surgirão após nossa partida, nascer e morrer, o principio e o fim se encontram naquilo que sempre fomos, conscientes disso ou não, um único corpo em Cristo.

Que a luz do Cristo Cósmico e a sabedoria do Espírito Santo penetrem nas recamaras secretas de cada coração, pois todos nós somos parte de um único coração... O SAGRADO CORAÇÃO DE CRISTO.

***

Lembre-se!

“Perder-se no caminho, é esquecer-se de si mesmo”.
AVANTE!

PAZ INVERENCIAL
 FIAT LUX

***

Cristo Vive!!!

Site/Blog Oficial

Conheça também:

Se o amante se lança na chama da vela e não se queima,
ou a vela não é vela ou o homem não é Homem,
Assim o homem que não é enamorado de Deus
e que não faz esforços para o alcançar não é Homem.
Deus é aquele que queima o homem e o aniquila
e nenhuma razão o pode compreender.

Mawlana Rumi - ' Fihi ma fihi'

Por Amor

Por Amor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

... És precioso aos meus olhos. Troco reinos inteiros por ti...

"Nem Cristão, Judeu, ou Muçulmano,

nem Hindu, nem Budista, Sufi ou Zen.

Nem uma Religião ou Sistema cultural.

Eu não sou do Oriente nem do Ocidente,

nem dos oceanos nem da terra,

nem material ou etéreo,

nem composto de elementos.

Eu não existo..."


Mawlana Jalaluddin Rumi