Perceba sua natureza transitória...

Desperte teu Sol Interno...

...e Siga a natureza silenciosa de teu coração.


MMSorge

Tradutor Universal

Para ouvir a Rádio clique no Player

sábado, 1 de novembro de 2014

OS NOVE PORTAIS (As Nove iniciações de Mistérios Menores)

OS NOVE PORTAIS
(As Nove iniciações de Mistérios Menores)



Oriente e Ocidente finalmente se encontraram em uma dança profunda e mística, como um errante dervixe a rodar embriagado da pura luz que nunca se acaba, finalmente o conhecimento divino e a loucura bebem juntos na mesma fonte que a tudo gestou, gerou e criou neste mundo de ilusões, prazeres e sensações passageiras.

“O Mar é uma coisa...
a espuma, outra;
Esquece a espuma e contempla o mar noite e dia,
Tu olhas para a ondulação da espuma e não para o poderoso mar.
Como barcos, somos jogados daqui para ali,
Somos cegos, embora estejamos no brilhante oceano.
Ah! Tu que dormes no barco do corpo,
Tu vês a água; contempla a Água das águas!
Sob a água que tu vês há outra água que a move,
Dentro do espírito há um espírito que o chama.”

Djalâl-od-Din Rûmî
(1207-1273)

No inicio dessa jornada os caminhos traçados seguem os trilhos da ética e da reta conduta para que mais adiante quando estes princípios estiverem encarnados de forma profunda em nossa alma e Ser possamos romper com as velhas estruturas lineares e lógicas do velho mundo e alçarmos vôo para o desconhecido seio e ventre divino, muito além das formas, dos sentimentos e da mente.

Vem peregrino! Dancemos embriagados do néctar divino e rompamos com o medo que acorrenta, nossas ações, sentimentos e mente. Vem!!! Pois a loucura que me invade é o balsamo supremo da felicidade e da liberdade.

Os nove portais são estágios que o ser humano atinge de compreensão e expansão de sua consciência. Conforme se avança na travessia destes portais, mais difícil se torna o retorno para os moldes e padrões do velho mundo.

Mudança de consciência, elevação de um novo padrão vibratório de pensamentos, sentimentos e ações alicerçados no amor, no coração, na alegria e na entrega absoluta, profunda e vazia de todo ego, nos levará de forma inevitável a elevação e a transformação de nossas condutas e comportamentos, reconstruindo nossa realidade externa com fundamento na intima realidade interna fusionada de forma completa e sem mais resistência ao verdadeiro mar espiritual e invisível que a todos alimenta. Ahhh peregrino! Podes ver! Por Traz do mar existe outro mar. Dissolva-se... Tu nele e ele em ti. Somos um agora.

Quando falamos “Eu não gosto deste mundo como ele é...” vibramos nos velhos padrões ancorados no medo, no confronto, na resistência e na luta, mas, quando mudamos a forma de pensar e falamos “Eu prefiro que o mundo seja assim...” e trabalhamos com amor e dedicação na reconstrução de uma nova realidade, então tudo começa a mudar, percebem a sutil e grande diferença, transformar o universo de dualidades em um universo de unidade múltipla e perfeita ancorada no respeito e na diversidade de expressão do um, o grande mar invisível.

Aqui neste exato momento começa a nossa travessia pelos nove portais da consciência, a partir deste exato momento tudo começa a mudar. Vem!!! Caminhemos juntos.

Somente o amor em nossos corações nos faz avançar e prosseguir na travessia de cada portal com seus respectivos aprendizados, todos sempre ligados a eliminação de egos e ao nascimento e fortalecimento das virtudes para alma, este trabalho sem foco e atenção, sem a auto-observação de si não tem avanços, é preciso que estejamos atentos a cada palavra, cada pensamento, cada ato e ação, tudo que se manifesta fora de nos através de nossas ações e dentro de nós através de nossos sentimentos e pensamentos é um reflexo do que somos.

A afinidade com leituras e textos, com ambientes e musicas, tudo isso para quem estiver atento a si mesmo é material para analise, estudo e foco sobre si, na superação de nossas próprias limitações e no nascimento e fortalecimento de nossas virtudes, juntamente com a expansão de nossas consciências e a elevação de nossa vibração.

Quando se desenvolve um trabalho serio sobre si mesmo na eliminação de egos e no nascimento e fortalecimento das virtudes da alma o avanço por estes nove portais acontecem de forma simples e rápida, somente avançamos com amor na luz cristica, mediante a total e profunda compreensão de cada passo dado neste caminho de expansão rumo à ascensão.

Ao morrermos em nós mesmos renasceremos para a vida eterna no seio amado daquele que é, mas que não é percebido, porem percebe e toca a todos.

“Tocaste a órbita do coração celeste,
agora fica aqui.
Pudeste ver a lua nova
agora fica.
Sofreste em excesso por tua ignorância,
carregaste teus trapos
para um lado e para outro,
agora fica aqui.
Teu tempo acabou.
Escutaste tudo o que se pode dizer
sobre a beleza desse amante,
fica aqui agora.
Juraste em teu coração
que havia leite nesses seios,
agora que provaste desse leite,
fica”.

Djalâl-od-Din Rûmî
(1207-1273)

É preciso uma mente pura e simples com a doçura de uma criança, porém atenta com a sabedoria e a experiência de um ancião, onde somente o amor e o trabalho a serviço da luz prevalecem na elevação de nossas condutas e vibrações.


FIAT LUX
PAX


MMSorge

Se o amante se lança na chama da vela e não se queima,
ou a vela não é vela ou o homem não é Homem,
Assim o homem que não é enamorado de Deus
e que não faz esforços para o alcançar não é Homem.
Deus é aquele que queima o homem e o aniquila
e nenhuma razão o pode compreender.

Mawlana Rumi - ' Fihi ma fihi'

Por Amor

Por Amor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

... És precioso aos meus olhos. Troco reinos inteiros por ti...

"Nem Cristão, Judeu, ou Muçulmano,

nem Hindu, nem Budista, Sufi ou Zen.

Nem uma Religião ou Sistema cultural.

Eu não sou do Oriente nem do Ocidente,

nem dos oceanos nem da terra,

nem material ou etéreo,

nem composto de elementos.

Eu não existo..."


Mawlana Jalaluddin Rumi