Perceba sua natureza transitória...

Desperte teu Sol Interno...

...e Siga a natureza silenciosa de teu coração.


MMSorge

Tradutor Universal

Para ouvir a Rádio clique no Player

sábado, 12 de janeiro de 2013

TANTRA, SEXO e ALQUIMIA SEXUAL - MMSORGE OS NOVE PORTAIS

TANTRA, SEXO e ALQUIMIA SEXUAL 
MMSORGE - OS NOVE PORTAIS


“Ninguém fala para si mesmo em voz alta.
Já que todos somos um,
Falemos desse outro modo.
Os pés e as mãos conhecem o desejo da alma
Fechemos, pois a boca e conversemos através da alma
Só a alma conhece o destino de tudo, passo a passo.
Vem, se te interessas, posso mostrar-te”.

Djalâl-od-Din Rûmî
(1207-1273)


Controlar a energia sexual é saber canalizá-la sabiamente para dentro e para cima, através de exercícios respiratórios (pranayamas), meditação, Foco e atenção, fazendo-a subir pela coluna vertebral até o topo da cabeça e de lá fazê-la descer sutilmente até o coração, expandindo-o com pureza, eliminando com a força da vontade consciente e a compreensão correta, o dragão das paixões da carne. Simbolicamente falando é matar a “carne” para o nascer do espírito divino.

Quando trabalhamos a energia sexual desta maneira com pureza, castidade, renuncia, sacrifício, entrega, devoção e mística, sutilizamos e refinamos o poder infinito desta força que tudo cria, desde seres atômicos e microscópicos a planetas, constelações, galáxias e universos. Esse é o verdadeiro poder da energia sexual. O verbo e o sexo, o chacra laríngeo e o chacra sexual estão intimamente ligados com toda criação.

Ao compreendermos verdadeiramente esta força podemos refiná-la e ancorá-la neste mundo tridimensional juntamente com o espírito eterno que em tudo esta, e não mais usá-la como objeto de sensação e prazer, voltados aos deleites dos sentidos carnais, primitivos e instintivos. Chegou o momento de acordarmos para verdadeira natureza do sexo sagrado.

A ascensão de kundalini e o trabalho de alquimia sexual acontecem somente após a passagem dos nove portais iniciais de expansão da consciência e quando estão intimamente e profundamente aliados ao trabalho da morte dos egos, da elevação das condutas e comportamentos e do nascimento das virtudes da alma no auxilio com verdadeiro amor que não exige condições, a todo ser vivente deste planeta e de todo este universo que se manifesta.

Nada esta além do amor, o amor esta acima da própria lei, o amor é a fonte inesgotável de vida e sabedoria, o amor é o maná dos Deuses, sem o amor nada seriamos, sem o amor não existiríamos.

Por amor tudo no Universo esta em equilíbrio desde um pequenino átomo as maiores e mais complexas Galáxias e Universos.

A grande força dos opostos que se complementam também interagem com perfeito equilíbrio e sincronismo em tudo que esta manifestado, abaixo no mundo material, no meio onde coexistem os mundos dimensionais e acima no plano do espírito puro e todo este sincronismo é fruto puro do amor divino, que verteu como uma fina chuva orvalhada no amanhecer da vida manifestada.




“Eu soube enfim que o amor está ligado a mim.
E eu agarro esta cabeleira de mil tranças.
Embora ontem à noite eu estivesse bêbado da taça,
Hoje, eu sou tal, que a taça se embebeda de mim”.
“Sou medido, ao medir teu amor.
Sou levado, ao levar teu amor.
Não posso comer de dia nem dormir de noite.
Para ser teu amigo
Tornei-me meu próprio inimigo”
“Não temos nada além do amor.
Não temos antes, princípio nem fim.
A alma grita e geme dentro de nós:
- Louco, é assim o amor.
Colhe-me, colhe-me, colhe-me”!

Djalâl-od-Din Rûmî

(1207-1273)


O equilíbrio dos opostos, dia e noite, sol e lua, frio e calor, seco e úmido, doce e amargo, também se refletem no universo humano, nas polaridades do Homem e da Mulher.

Precisamos conhecer profundamente a nós mesmos e somente conhecendo a nós mesmos de forma profunda compreenderemos os Deuses e todo o Universo manifestado e assim gradativamente vamos dissolvendo os véus que nos deixam cegos e submersos em um mundo de ignorâncias, escuridão e sofrimentos.

Forjar homens e mulheres totalmente solares em mundos de terceira dimensão é um grande desafio, pois o grau da lucidez de percepção e profunda agudeza de seres despertos na terceira dimensão em cem por cento e em um mundo de dualidades é extremamente raro no universo. Seres com essa envergadura conectados estão com o todo e são o alfa e o Omega, percebem a manifestação dos universos em todas as suas dimensões e mergulham na imanifestação eterna de Deus que em tudo esta, mas que não é notado em lugar nenhum.


Um casal solar unido pela verdadeira luz do amor, do companheirismo e da pureza imaculada, avança rapidamente na travessia destes nove portais quando fazem do ato sexual uma união sagrada, onde as energias sexuais são transmutadas e elevadas para dentro e para cima, sem orgasmos ou ejaculações seminais, esse é o verdadeiro tantrismo branco, que precisa ser compreendido e entendido sem repressões, praticado somente com uma única esposa sacerdotisa e um único esposo sacerdote, eleito pelo nosso Pai interno, nossa Mãe divina, senhora do verbo sagrado e pelos nossos benditos e abençoados mestres que nos orientam ao longo de nossa jornada rumo à ascensão.


Aqueles que ainda não tem suas contrapartes podem também avançar na travessia dos nove portais se preparando mais adiante para receber sua eleita ou seu eleito, se assim for sua escolha e assim continuar o processo no caminho da elevação de suas kundalinis e da expansão de suas consciências rumo ao seio imaculado do pai eterno de todas as luzes.


Cada Portal transpassado e a cada ensinamento completamente absorvido com todos os seus princípios latentes encarnados na alma humana faz o pequeno caminhante dar mais um passo, a felicidade e a alegria toma conta de todos e uma grande festa interna acontece, pois mais uma criança divina esta nascendo para uma nova realidade longe dos abismos da dualidade e pouco a pouco vai expandindo sua consciência e a ascendendo para os mundos puros do espírito do Pai.




"Vem,
Te direi em segredo
Aonde leva esta dança.
Vê como as partículas do ar
E os grãos de areia do deserto
Giram desnorteados.
Cada átomo
Feliz ou miserável,
Gira apaixonado
Em torno do sol."

Djalâl-od-Din Rumi
(1207-1273)

***



Leia na integra em:


FIAT LUX
PAX

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo ao Sol Interno, agradecemos seu comentário.
Gostou deste Blog? Ajude-nos a divulga-lo.

Obrigado

Namastê
FIAT LUX
PAX

MMSorge

Se o amante se lança na chama da vela e não se queima,
ou a vela não é vela ou o homem não é Homem,
Assim o homem que não é enamorado de Deus
e que não faz esforços para o alcançar não é Homem.
Deus é aquele que queima o homem e o aniquila
e nenhuma razão o pode compreender.

Mawlana Rumi - ' Fihi ma fihi'

Por Amor

Por Amor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

... És precioso aos meus olhos. Troco reinos inteiros por ti...

"Nem Cristão, Judeu, ou Muçulmano,

nem Hindu, nem Budista, Sufi ou Zen.

Nem uma Religião ou Sistema cultural.

Eu não sou do Oriente nem do Ocidente,

nem dos oceanos nem da terra,

nem material ou etéreo,

nem composto de elementos.

Eu não existo..."


Mawlana Jalaluddin Rumi