Perceba sua natureza transitória...

Desperte teu Sol Interno...

...e Siga a natureza silenciosa de teu coração.


MMSorge

Tradutor Universal

segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Dancemos ao Som do Amor



Minha alma se inflama e se incendeia, meus olhos trasbordam o amor que sinto por ti e as lagrimas caem ao contemplar sua luz. Envolva-me, penetra-me Ahhh!!! Luz que a todos anima e me anima, sou teu, em lábios, sussurros, pensamentos e sentimentos, minha alma é tua, sempre foi, tu o sabes. Nunca me apartei de ti e nunca estivestes fora de mim, somos o mesmo SER!!!

Que todo Universo ascenda, que dancem as Galáxias embriagadas de amor, que girem os Planetas impregnados de Luz... Vem... Bebamos da fonte que nunca seca...

Tu és também parte desta mesma fonte.

Tu e eu somos ela.

Nunca seca, nunca secamos

VEM!!! Dancemos...
MMSorge

2 comentários:

  1. Desejo que tenhas um dia iluminado pelo sol,pela luz do amor,banhado pelas aguas da paz da harmonia interior,amigo,passei para conhecer seu lindo trabalho,amei de paixão,suas postagens são maravilhosas,voltarei mais vezes,cm carinho desejo-lhe uma ótima semana,,,

    marlene

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Marlene, seja sempre bem vinda a este espaço.

    Namastê

    ResponderExcluir

Seja Bem Vindo ao Sol Interno, agradecemos seu comentário.
Gostou deste Blog? Ajude-nos a divulga-lo.

Obrigado

Namastê
FIAT LUX
PAX

MMSorge

Se o amante se lança na chama da vela e não se queima,
ou a vela não é vela ou o homem não é Homem,
Assim o homem que não é enamorado de Deus
e que não faz esforços para o alcançar não é Homem.
Deus é aquele que queima o homem e o aniquila
e nenhuma razão o pode compreender.

Mawlana Rumi - ' Fihi ma fihi'

Por Amor

Por Amor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

... És precioso aos meus olhos. Troco reinos inteiros por ti...

"Nem Cristão, Judeu, ou Muçulmano,

nem Hindu, nem Budista, Sufi ou Zen.

Nem uma Religião ou Sistema cultural.

Eu não sou do Oriente nem do Ocidente,

nem dos oceanos nem da terra,

nem material ou etéreo,

nem composto de elementos.

Eu não existo..."


Mawlana Jalaluddin Rumi