Perceba sua natureza transitória...

Desperte teu Sol Interno...

...e Siga a natureza silenciosa de teu coração.


MMSorge

Tradutor Universal

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Natureza Pura – IN NATURA – De meu Ser


Esteja no Inferno e compreenderás o Céu, Esteja no Céu e compreenderás o Inferno, esteja além dos dois e compreenderás a Deus.

Foi descendo aos infernos e subindo aos céus por inúmeras vezes que Van Gogh pintou seus mais belos e raros quadros, Mozart compôs óperas extraordinárias e Dante Alighieri escreveu sua Divina Comédia. Não me condenem quando estiver nos meus infernos nem tampouco me exaltem quanto romper os firmamentos de todos os Céus, contudo apenas contemplem a natureza pura – IN NATURA - que impulsiona minha natureza rara de servir a humanidade e o Universo manifestado.

Mantenham o FOCO!

Discipline sua mente, suas emoções e suas ações.
Busque no silencio de vosso coração a conexão com a pura natureza existente em ti, seu pai e ser interno sagrado e eterno.

Que possamos Ter menos e Amar mais.
Que possamos ler menos e meditar mais.

Não deixemos que as experiências dos outros se tornem nossas experiências, busquemos dentro aquilo que não se manifesta fora.

Ser é não Ser, Ter é não Ter, aquele que tudo renunciou tudo conquistou.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo ao Sol Interno, agradecemos seu comentário.
Gostou deste Blog? Ajude-nos a divulga-lo.

Obrigado

Namastê
FIAT LUX
PAX

MMSorge

Se o amante se lança na chama da vela e não se queima,
ou a vela não é vela ou o homem não é Homem,
Assim o homem que não é enamorado de Deus
e que não faz esforços para o alcançar não é Homem.
Deus é aquele que queima o homem e o aniquila
e nenhuma razão o pode compreender.

Mawlana Rumi - ' Fihi ma fihi'

Por Amor

Por Amor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

... És precioso aos meus olhos. Troco reinos inteiros por ti...

"Nem Cristão, Judeu, ou Muçulmano,

nem Hindu, nem Budista, Sufi ou Zen.

Nem uma Religião ou Sistema cultural.

Eu não sou do Oriente nem do Ocidente,

nem dos oceanos nem da terra,

nem material ou etéreo,

nem composto de elementos.

Eu não existo..."


Mawlana Jalaluddin Rumi