Perceba sua natureza transitória...

Desperte teu Sol Interno...

...e Siga a natureza silenciosa de teu coração.


MMSorge

Tradutor Universal

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

O Antigo Caminho


Ouçam! A mais sublime voz do silêncio!


Vejam através do olho de Hórus, o Antigo Egito de suas arquiteturas faraônicas, ali os homens de barro da terra aprenderam com os filhos de Sirius, os filhos do Sol espiritual, seus mais altos mistérios.


O antigo caminho esta ligado intimamente com a esfinge, “Decifra-me ou te Devoro”, decifrar a esfinge é conhecer o próprio caminho intimo, interno e profundo de cada um, é enfrentar e superar valentemente nossas próprias mazelas e misérias interiores, é esquadrinhar nossos rins purificando-o de todo veneno dos abismos causados pelo ego, pelo egoísmo humano, pela duvida e pelo medo, deixando leve o coração como uma doce pena que voa, flutua levemente por todos os céus da criação, rompendo todo sofrimento e ignorância do mundo dos homens, fazendo-nos voltar a sermos puros de mente e sublimes em sentimentos se elevando alem das aparências mundanas, nos tornando crianças novamente e se ancorando na mais pura e sublime luz de Rá, de Hórus o Cristo egípcio.

A energia do Cristo não é e nunca foi exclusividade de nenhuma religião, ela esta em tudo e em todo Universo, construindo Civilizações, Povos, Planetas, Sois, Galáxias e Universos.

Quem se lembra! Quem se recorda!
No profundo silencio de nossas mentes repousa em segredo a antiga conexão, a reconecção com os mais profundos e iluminados mistérios do velho Egito que outrora impulsionou toda uma raça para fora das dualidades, dos infernos e abismos criados dentro de nós mesmos.

Foi através deste antigo caminho que o casal solar sacerdote e sacerdotisa sempre juntos aprendiam as leis que regem todo o universo da manifestação, e somente quando se alcançava o profundo estado de compreensão e superação dos desejos mundanos e da carne que o divino casal solar aprendia a construir dentro de si, uma replica do que se manifesta fora em toda a criação.

 


Somente com a mais pura e profunda união imaculada entre os opostos que se complementam, dia e noite, fogo e água, homem e mulher é que se alcançava através dessa fusão e integração a entrada definitiva para além do universo dual, a entrada para a morada dos filhos da Luz.

Ouçam! Vejam! Sintam! Sirius já vem! E com ele os velhos Hierofantes dos Mistérios Maiores do Fogo espiritual a nos mostrar novamente o caminho de retorno para os paraísos celestiais.

Era por isso que os mais altos mistérios do antigo caminho, não só egípcio, mas de todos os antigos caminhos que foram ensinados sobre nossa velha e abençoada Gaea não se alcançava sozinho, os auto-suficientes não estavam preparados para este caminhar de entregas, renúncias, sacrifícios, união, amor incondicional e companheirismo com seu complemento oposto que era representado entre um homem puro e uma mulher imaculada templo divino da morada do Sol.

Homem e mulher juntos gestavam o Filho do Sol, Hórus o Falcão Solar que encarnava no sacerdote por intermédio da sacerdotisa e dos mistérios puros e sublimes do amor.


Esse era o Antigo caminho e somente as almas maduras o seguiam, o percorriam, pois o entendiam com profundidade desvendando os segredos da velha esfinge, purificando-se de todo egoísmo e elevando-se para além dos universos duais, dos universos fractais e dos universos infinitos.

Venha Sirius!
E mostre a todo homem e mulher merecedores e de bom e sincero coração seus portais de reconecção que estão muito além dos mundos físicos, e das seduções dimensionais que aprisionam as sementes estelares.


PAZ PROFUNDA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja Bem Vindo ao Sol Interno, agradecemos seu comentário.
Gostou deste Blog? Ajude-nos a divulga-lo.

Obrigado

Namastê
FIAT LUX
PAX

MMSorge

Se o amante se lança na chama da vela e não se queima,
ou a vela não é vela ou o homem não é Homem,
Assim o homem que não é enamorado de Deus
e que não faz esforços para o alcançar não é Homem.
Deus é aquele que queima o homem e o aniquila
e nenhuma razão o pode compreender.

Mawlana Rumi - ' Fihi ma fihi'

Por Amor

Por Amor
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

... És precioso aos meus olhos. Troco reinos inteiros por ti...

"Nem Cristão, Judeu, ou Muçulmano,

nem Hindu, nem Budista, Sufi ou Zen.

Nem uma Religião ou Sistema cultural.

Eu não sou do Oriente nem do Ocidente,

nem dos oceanos nem da terra,

nem material ou etéreo,

nem composto de elementos.

Eu não existo..."


Mawlana Jalaluddin Rumi